Sport cresce no segundo tempo e vence o Athletico

Futebol Latino
·4 minuto de leitura
PE - Recife - 01/11/2020 - BRASILEIRO A 2020, SPORT X ATHLETICO-PR - Barcia jogador do Sport disputa lance com Felipe Aguilar  jogador do Athletico-PR durante partida no estadio Ilha do Retiro pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Rafael Vieira/AGIF
PE - Recife - 01/11/2020 - BRASILEIRO A 2020, SPORT X ATHLETICO-PR - Barcia jogador do Sport disputa lance com Felipe Aguilar jogador do Athletico-PR durante partida no estadio Ilha do Retiro pelo campeonato Brasileiro A 2020. Foto: Rafael Vieira/AGIF

Em situações delicadas no Brasileirão, Sport e Athletico Paranaense se enfrentaram pela 19ª rodada, na Ilha do Retiro. O time pernambucano entrou em campo com um jejum de cinco jogos, enquanto os paranaenses não vencia no nacional há seis partidas, e quem conseguiu quebrar a marca negativa foi o Leão da Ilha ao vencer por 1 a 0.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

Os três pontos fizeram o Sport pular quatro posições na tabela e chegar aos 24 pontos na oitava colocação. Já o Furacão continua em situação péssima ao permanecer com 16 pontos na vice-lanterna do Brasileirão.

Leia também:

PRIMEIRO TEMPO FRACO NA ILHA DO RETIRO

A partida começou fraca tecnicamente. Apesar dos times aproveitarem o fôlego de início de partida, ninguém conseguia trocar passes por longo tempo, além das chegadas nas respectivas áreas sem êxito no último passe. Após os 10 minutos de jogo, o Athletico Paranaense buscou ficar mais com a bola no pé para tentar furar a zaga pernambucana. O Sport teve mais dificuldades para sair jogando e buscou nos lançamentos o seu 'escape' para tentar atacar.

Aos 20 minutos de jogo, o Furacão ainda dominava a partida com 61% de posse de bola, mas faltava agressividade ao time. Até então três chutes foram feitos, mas nenhum deles em direção a meta de Lucas Polli. Nas principais estatísticas, segundo o SofaScore, o Sport continuava zerado até este período de jogo: chutes, chutes no alvo, chutes fora do alvo, escanteios e até em dribles. O primeiro arremate do Leão da Ilha só aconteceu aos 25 minutos, mas o goleiro Santos defendeu tranquilamente.

O Sport tentou crescer na partida, porém o setor ofensivo deixou a desejar na construção de jogadas. O Athletico seguia parando na barreira defensiva do Leão, que recuava boa parte de seus atletas para sair no contra-ataque. E quando os paranaenses conseguiram furar, aos 44 minutos, Renato Kayser estava impedido quando estufou as redes de Luan Polli.

SPORT CRESCE NO SEGUNDO TEMPO E BUSCA A VITÓRIA

Jair Ventura trocou no intervalo o volante Marquinhos pelo atacante Mikael, e entrou também Jonatan Gomez no lugar de Ricardinho. Nos primeiros minutos, o Sport voltou disposto a mudar a imagem que deixou no primeiro tempo e buscou atacar perigosamente nos minutos iniciais até fazer o gol. Jonatan Gomez viu bem o Patric entrando na área pela ponta e enfiou para o lateral, que cruzou rasteiro para Thiago Neves, sozinho, balançar as redes.

O intervalo mudou a postura do Sport onde a equipe passou a incomodar mais a defesa do Athletico. Mikael passou a ocupar os espaços e a entrou bem, assim como Jonatan Gomez que quase ampliou o marcador próximo dos 20 minutos. Já o descanso para o Furacão não foi eficiente, já que o time manteve a apresenção do primeiro tempo. Fazer três alterações de uma vez aos 17 minutos não surtiu efeito no Athletico no decorrer da partida.

Enquanto isso, o Sport continuou tendo as melhores oportunidades de gol. Aos 31 minutos, o Leão cobrou escanteio, Jonatan Gomez chutou e Santos espalmou.

O Athletico Paranaense não obteve forças para buscar o empate e chegou ao sétimo jogo sem vitória no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 x 0 ATHLETICO-PR

Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
​Data e hora: 01/11/2020 - 16h
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva e Leone Carvalho Rocha, trio de Goiás
VAR: Wilton Pereira Sampaio - GO
Cartões amarelos: Leandro Barcia (10'/2ºT), Iago Maidana (20'/2ºT), Erick (48'/2ºT)
Cartão vermelho: Patric (50'/2ºT)
Gols: Thiago Neves (8'/2ºT)

SPORT: Luan Polli; Patric, Iago Maidana, Adryelson e Raul Prata; Marcão Silva, Ricardinho (Jonatan Gomez), Lucas Mugni (Márcio Araújo) e Thiago Neves (Luciano Juba, aos 32'/2ºT); Marquinhos (Mikael, no intervalo) (Chico, aos 44'/2ºT) e Leandro Barcia

ATHLETICO-PR: Santos; Erick, Zé Ivaldo, Felipe Aguilar e Márcio Azevedo (João Victor, aos 17'/2ºT); Christian (Khellven, aos 18'/2ºT), Richard (Wellington, aos 17'/2ºT) e Léo Cittadini (Walter, aos 32'/2ºT); Nikão, Renato Kayzer e Reinaldo (Carlos Eduardo)

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube