Spartak cobra 1 milhão de euros do Atlético-MG por venda de Rafael Carioca

Ex-clube do camisa 5 garante que os mineiros não pagaram uma parcela da transferência do jogador, avaliada em 1 milhão de euros (R$ 3,3 milhões)

O Atlético-MG deve enfrentar mais um problema de cobranças na justiça. O Spartak Moscou, da Rússia, cobra 1 milhão de euros (R$ 3,3 milhões na cotação atual) por contra da transferência de Rafael Carioca, consumada em 2015.

O clube russo cogita levar o Galo na Fifa para receber a quantia a qual tem direito. O fato foi revelado pela imprensa local. Segundo a publicação, o clube mineiro se recusa a pagar o restante da dívida que tem por conta da transação envolvendo o camisa 5.

Campeão da Copa do Brasil na Cidade do Galo, Rafael Carioca chegou ao clube por empréstimo, em julho de 2014. À época, ele assumiu a condição de titular e, depois de se destacar, foi contratado em definitivo pelo time de Belo Horizonte. 

Caso o Spartak leve a ação adiante e acione o Atlético na Fifa, esta será apenas mais uma cobrança ao clube por não pagar uma transação. Os mineiros enfrentam problemas referentes às saídas de Victor do Grêmio, em 2012, Douglas Santos e Maicosuel, da Udinese, em 2014.