'Sou torcedor do Flamengo, não queria ir para o Vasco', revela Júnior Baiano

·2 min de leitura


O ex-zagueiro Júnior Baiano revelou, em entrevista ao podcast 'Flow Sport Club', que não queria ser transferido para o Vasco após sua passagem no Palmeiras. O ex-atleta disse ser torcedor do Flamengo e, pela rivalidade entre os clubes, não ter vontade de vestir a camisa Cruzmaltina. Júnior Baiano também contou que foi convidado por Romário e Edmundo para ir ao São Januário.

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2021 e simule as rodadas!

- Não teve jeito [de não ir para o Vasco]. Eu também sou torcedor do Mengão mas o Flamengo não me queria, eu tive que ir para o Vasco. Eu estava no Palmeiras, tinha contrato para mais um ano, e estava super tranquilo no Palmeiras já adaptado e a Parmalat estava saindo. Aí tinha que desovar a galera, né, para diminuir os custos - explicou o ex-zagueiro.

- E o Vasco, na verdade o Romário e o Edmundo ligaram para mim, os dois ligaram para eu ir pra lá e o Romário tinha acabado de ir para o Vasco. Ele ligou para mim, disse que o Vasco ia fazer um timão e tal. Na verdade eu não queria ir não porque tinha aquela rivalidade toda entre Vasco e Flamengo e eu, como torcedor do Flamengo, não queria - continuou o ex-atleta.

+ Veja as homenagens do mundo do esporte à Marília Mendonça

Júnior Baiano também disse que chegou a se oferecer ao Flamengo mas que o ex-goleiro Gilmar Rinaldi - Superintendente de Futebol do clube na época - não se interessou em sua contratação.

- Eu lembro que conversei com um diretor do Flamengo, o Gilmar Rinaldi, expliquei o que estava acontecendo e falei “pô, vê se eu consigo voltar pro Flamengo, não precisa pagar nem mais, a mesma coisa está maneiro”. Ele falou que ia resolver mas não resolveu p… nenhuma, não me ligou, não me deu satisfação, nada. Aí eu fui pro Vasco, tive que fechar com o Vasco - completou Júnior Baiano.

O ex-zagueiro também explicou que teve uma passagem feliz pelo Vasco mas que saiu do clube por não estar recebendo o salário em dia.

- Minha passagem foi maneira, maneira pra caramba. O Vasco tinha um time muito bom. Fomos campeões da MercoSul, Brasileiro, depois eu saí porque eu não recebia também, aí meti o pé - concluiu Júnior Baiano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos