Sonho antigo da Portuguesa Santista, Robinho vai ao estádio do clube e acompanha vitória

Robinho não joga profissionalmente desde julho de 2020 (Foto: DIVULGAÇÃO / SANTOS)


O atacante Robinho assistiu a vitória da Portuguesa Santista por 4 a 2 sobre o Novorizontino na manhã do último domingo (15) no estádio Ulrico Mursa. O jogador foi um sonho recente do clube lusitano, mas foi descartado pela diretoria por conta da condenação de estupro de vulnerável que possui na corte italiana.

Durante a visita, Robinho conversou com o vice-presidente da Briosa, Emerson Coelho, que também acumula o cargo de diretor de futebol. De acordo com o dirigente, o papo foi para cumprimentar o jogador. Os dois possuem alguns amigos em comum, mas o cartola garante que não sabia que Robson estaria no estádio.



+ Saiba os 30 jogadores mais valiosos do Campeonato Paulista 2023

- O fato dele (Robinho) ter ido no jogo é que ele conhece muito jogador lá, conhece muita gente. É futebol, ele foi lá como público, pagou a entrada dele, entrou e foi isso. O papo que eu bati com ele foi mais para cumprimentar. Eu vinha passando, nem sabia que ele estava lá, o vi e o cumprimentei. Ele conhece o pessoal todo, jogadores, o auxiliar-técnico, Ferrinho, jogou com ele no Santos - disse Emerson, em contato com a reportagem.

A Portuguesa Santista cogitou a contratação de Robinho na temporada passada. Uma ala no clube defendia que uma proposta fosse feita ao atacante, mas a situação não evoluiu por falta de consenso interno. As possibilidades de perda de arrecadação por conta de um passo como esse foram consideradas e se tornaram fator principal para que não acontecesse uma procura formal. Hoje, qualquer possibilidade de contratação do atacante é descartada pela diretoria da equipe rubro-verde.

+ Confira as movimentações do mercado da bola no vaivém do LANCE!

Paralelamente, houve sondagens entre representantes da Briosa com pessoas ligadas a Robinho, uma delas o ex-atacante William Batoré, que jogou com Robson no Santos, entre 2002 e 2005, e até hoje é amigo pessoal do jogador.

Ainda assim, Robinho tem frequentado as dependências da Portuguesa Santista. Durante a pré-temporada de 2023, o jogador esteve presente em um time que disputou um jogo treino contra a Briosa. A equipe era formada por alguns ex-jogadores e foi montada por um amigo dos gestores da equipe santista.

ENTENDA A CONEDEÇÃO DE ROBINHO


O crime cometido por Robinho aconteceu em 2013, em Milão, quando o atacante jogava pelo Milan. Ele, seu amigo Ricardo Falco e mais quatro pessoas que não foram encontradas pela justiça italiana, todos brasileiros, estupraram uma jovem albanesa, que comemorava o aniversário de 21 anos em uma boate na cidade italiana.

+ Confira a tabela do Paulistão e simule os jogos da competição estadual

No ano passado, o caso foi julgado em última instância, condenando Robinho e Falco a nove anos de detenção. Em outubro de 2022, houve um pedido do governo italiano ao Brasil para que o atleta fosse extraditado, mas a solicitação foi negada pelos brasileiros com base no artigo 5º da Constituição brasileira.

Caso Robinho tente fazer alguma viagem internacional, há grandes chances que ele seja preso assim que desembarcar, já que a Itália possui tratado de extradição com a maioria dos países do mundo.