Son deixa o campo chorando após derrota da Coreia do Sul para Gana pela segunda rodada da Copa

Son deixa o gramado chorando após revés da Coreia do Sul pela Copa do Mundo  (Odd Andersen / AFP)


A Coreia do Sul lutou até o fim, enfileirou cruzamentos e chances perdidas contra Gana, mas não conseguiu sair de campo com pelo menos um empate. Com o revés, a seleção soma apenas um ponto e não depende apenas de si para garantir uma vaga nas oitavas de finais da Copa do Mundo do Qatar. Son, craque da equipe, deixou o gramado bastante abatido e foi às lágrimas.

O jogador foi consolado por membros da comissão técnica de Gana. Com isso, o técnico Otto Addo fez questão de abraçá-lo. Em campo, o jogador fez uma boa partida e foi a referência técnica dos asiáticos, que não conseguiram furar o bloqueio apesar das chances de gol até o fim.

+ Confira e simule a tabela da Copa do Mundo

Mesmo com a derrota, a Coreia iniciou bem a partida e conseguiu encurralar o adversário. No entanto, a defesa concedeu espaços e não conseguiu coibir as jogadas aéreas da seleção africana. Kudus teve liberdade para transitar por trás dos volantes e estufou a rede em duas oportunidades.

Depois de sofrer dois gols, a equipe conseguiu reagir e buscou o empate com dois gols do centroavante Cho. No entanto, Kudus voltou a aparecer, ter espaço para finalizar e ser decisivo.

A Coreia do Sul volta a campo na próxima sexta, às 12h (horário de Brasília), para medir forças com Portugal. No mesmo dia e horário, Gana e Uruguai se enfrentam para decidir quem avança às oitavas de finais do Grupo H da Copa do Mundo do Qatar.