'Somos torcida que canta e vibra': Palmeiras festeja segundo título da Mancha Verde

Porta-bandeira Adriana Gomes vestida de Nossa Senhora Aparecida (Foto: Vinícius Vasconcelos/Mancha Verde)


Tão logo a Mancha Verde foi oficializada como a mais nova campeã do Carnaval de São Paulo, o Palmeiras tratou de usar suas redes sociais para felicitar sua principal torcida organizada pela conquista.


'Parabéns, @manchacarnaval, pelo segundo título no Grupo Especial do Carnaval de São Paulo. Somos torcida que samba e vibra!', disse o clube em uma postagem.

A Mancha Verde conquistou o bicampeonato do Carnaval de São Paulo. Com o enredo 'Planeta Água', que falou sobre a importância da preservação e valorização do recurso natural, a escola associada à maior torcida organizada do Palmeiras repetiu o feito de 2019 e levou o título da folia paulistana.

Vice-campeã do Carnaval em 2020, último ano da folia antes da pausa forçada pela pandemia do Covid-19, a Mancha Verde honra mais uma vez os altos investimentos recebidos da patrocinadora Crefisa por meio da Lei Rouanet. É o último ano de de bonança após a agremiação romper oficialmente com Leila Pereira, agora presidente do time alviverde.

A Mancha chega ao seu bicampeonato após dar um susto em seus integrantes no início do desfile na última sexta-feira (22), quando uma alegoria do carro abre-alas teve problemas, o braço de uma escultura quebrou, e precisou de agilidade da escola para encontrar uma solução e atrasou o início do desfile em cerca de cinco minutos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos