Vagner Love é direto: 'Rola suruba entre os jogadores'

Apesar da fase atribulada do Flamengo, Vagner Love é só sorrisos. O atacante é um dos poucos poupados pela torcida rubro-negra. Em entrevista para a revista 'Playboy' de abril, contou sobre alguns temas polêmicos, como festas dos jogadores de futebol e as 'Marias Chuteira'.

"Rola suruba entre os jogadores. Se tiver seis homens, vamos dizer que vai ter umas oito mulheres. O cara é casado, esquece, dá mole, a mulher pega o telefone e daqui a pouco o cara vem dizer ‘Meu irmão, babou. Minha mulher pegou o telefone, viu uma mensagem", contou Vagner para a publicação.

Sobre mulheres na concentração (o apelido Love vem de um caso na época de Palmeiras) Vagner afirmou que não se deve fazer o mesmo que ele.  “Eu só levei uma vez e não recomendo para nenhum jogador que esteja começando. Nunca vi outras, mas a gente sabe quando tem. Isso nunca vai acabar”.

Além disto, Vagner fez questão de defender o seu 'padrinho' no Flamengo, Ronaldinho Gaúcho. “Não acho justo, porque ele não joga sozinho. Tem mais dez ali dentro de campo. Esperam que o Ronaldinho seja aquele do Barcelona, mas o tempo passa, as coisas mudam", finaliza o atacante camisa 99.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos