Soberania à vista? Real defende título diante de um atordoado Barça

Mário Boechat

De bem com a vida. Assim chega o Real Madrid para a disputa do Campeonato Espanhol. Os Merengues estreiam neste domingo, às 17h15 (de Brasília), contra o Deportivo La Coruña, na Galícia. O adversário costuma complicar atuando em casa, mas nada que assuste o embalado time da capital.

A equipe tem motivo de sobra para iniciar a competição com status de favorito. Faturou a Supercopa da Europa em cima do Manchester United e fez 5 a 1 no placar agregado sobre o rival Barcelona, na disputa da Supercopa da Espanha, com duas vitórias no confronto. Além do banho de bola no rival.

Ceballos apresentado no Real Madrid

Ceballos chegou ao Real (Foto: Divulgação/Real Madrid)

Para esta temporada, o Real Madrid manteve todos os titulares e se reforçou com jovens jogadores, como Dani Ceballos (20 anos) e Theo Hernández (19), promessas cobiçadas por grandes clubes do futebol europeu. As saídas de James Rodríguez, Pepe, Danilo, Morata, Coentrão e Mariano Díaz não devem fazer tanta falta, devido ao elenco ainda recheado de opções do técnico Zinedine Zidane.

CR7 DESFALCA O REAL NO INÍCIO DO ESPANHOL

Nas quatro primeiras rodadas, Cristiano Ronaldo será desfalque por conta do empurrão no árbitro após ter sido expulso na vitória por 3 a 1 sobre o Barcelona, na primeira partida da Supercopa da Espanha, no Camp Nou. O Real não sentiu a falta do seu principal jogador na partida de volta, no Santiago Bernabéu, e se deu ao luxo de deixar no banco Bale, Isco e Casemiro.


Cristiano Ronaldo expulso

CR7 perderá início do Campeonato Espanhol (Foto: JOSEP LAGO/AFP)

Basta o técnico Zidane administrar o grupo que tem em mãos, nas competições nas quais disputará nesta temporada, para chegar como favorito em todas elas.

BARCELONA CHEGA MUITO PRESSIONADO

Juntando os cacos. Assim chega o Barcelona para a disputa do Campeonato Espanhol. No domingo, às 15h15 (de Brasília), a equipe catalã tenta ganhar fôlego na temporada quando enfrenta o Betis, no Camp Nou, na estreia de ambas as equipes na competição.

Desde a pré-temporada, o Barcelona é um turbilhão de emoções. A diretoria fez de tudo, tentou apelar para o lado emocional, mas viu o PSG chegar com 222 milhões de euros (cerca de R$ 825 milhões), pagar a multa rescisória e tirar Neymar da Catalunha, oferecendo ao brasileiro a chance de ser protagonista na França e um polpudo salário de 30 milhões de euros (cerca de R$ 111 milhões), livre de impostos.




Logo depois aparece o Barcelona, agora sem Neymar, com um elenco de 692,5 milhões de euros

Messi terá a missão de recuperar o Barça (Foto: GABRIEL BOUYS / AFP)

Não bastasse ver o trio MSN ser destruído, o Barcelona caiu diante do Real Madrid na Supercopa da Espanha, com um futebol pobre, sendo presa fácil para o rival.

FALTA A CEREJA DO BOLO NO BARCELONA

O Barcelona contratou Semedo para a lateral direita, uma carência da equipe, trouxe o volante Paulinho e repatriou Deulofeu. Muito pouco para quem deseja voltar a ser protagonista na Espanha e na Europa. A diretoria se vê bastante pressionada para achar e contratar o substituto de Neymar.

O principal nome da lista é o de Coutinho. Na sexta-feira, o Liverpool rejeitou a terceira proposta, na casa dos 125 milhões de euros (R$ 460 milhões) pelo brasileiro. Outro na mira é o francês Dembélé, mas o Borussia Dortmund também não tem intenção de negociar sua joia.





Philippe Coutinho

Coutinho está na mira do Barcelona (Foto: Divulgação)

Diante de tantos fatos negativos, Ernesto Valverde terá que se desdobrar para levar o Barça às conquistas em seu primeiro ano.

BATE-BOLA COM NALDO, ZAGUEIRO DO ESPANYOL

Você voltou ao futebol espanhol após passar pelo Sporting e Krasnodar? O que espera desse retorno? Qual expectativa para esta temporada?

Com certeza volto com uma bagagem maior, mais experiente. Passei por dois estilos de futebol diferentes, onde consegui evoluir parte técnica e tática. Então tenho certeza que chego ainda mais preparado para esse desafio no Espanyol. E a expectativa é a melhor possível. Temos uma grande equipe, com bons jogadores e comissão técnica, já deu para perceber isso nos primeiros treinos que fiz aqui. Então temos tudo para fazer uma grande temporada.





Naldo - Espanyol

Naldo voltou ao futebol espanhol (Foto: DIvulgação)

O Espanyol chega para brigar por competições europeias? Ou a briga será para se manter na elite?

Temos que pensar jogo a jogo. Nosso objetivo é trabalhar no dia a dia forte, para chegarmos nas partidas preparados para vencer. Então vamos pensando aos poucos, sem afobação, para podermos mostrar o nosso melhor futebol e fazer uma grande liga.

Você atuou pelo Getafe e teve boas atuações, inclusive contra o Barcelona de Messi e Suárez. Como parar essas feras novamente?

É complicado marcar jogadores como o Messi, tantas vezes melhor do mundo, o Suárez também que é um dos principais centroavantes do futebol mundial. São jogadores de altíssima qualidade, inteligentes, técnicos. Mas é trabalhar forte para chegar preparado nos jogos e poder fazer o melhor.

ATLÉTICO: DE CASA NOVA E SEM CONTRATAR

O Atlético estreia neste sábado no Campeonato Espanhol, às 15h15 (de Brasília), contra o Girona, fora de casa. A equipe colchonera chega mais uma vez como a grande pedra no sapato da dupla Real Madrid e Barcelona.

Para esta temporada, o Atlético de Madrid terá uma nova casa. O Vicente Calderón, que foi o palco dos jogos do time desde 1966, dará lugar ao Wanda Metropolitano, um estádio mais moderno e com capacidade para até 72 mil torcedores.











Wanda Metropolitano - Estádio do Atlético de Madrid

Novo estádio está em fase final de obras (Foto: Reprodução)

Além da mudança de casa, que fará com que o Atlético atue as primeiras rodadas como visitante, o Colchonero inicia a temporada sem novos jogadores, uma vez que teve a pena mantida pela Fifa por contratação irregular de menores. Assim, nomes como Vitolo, ex-Sevilla, e, quem sabe, Diego Costa (em litígio no Chelsea) só poderão chegar em janeiro.

Diante da impossibilidade de inscrever jogadores, uma boa notícia surgiu no Atlético de Madrid. Praticamente acertado com o Manchester United, o atacante Griezmann decidiu permanecer para não enfraquecer o elenco colchonero.

BATE BOLA COM CAIO HENRIQUE, DO ATLÉTICO

O Atlético ficou sem contratar nesta janela de transferências. Como isso prejudicou a equipe para esta temporada?

Claro que quando você não pode se reforçar, é um pouco mais complicado, mas o grupo do Atlético já é muito forte. Temos um grande plantel, perdemos poucos jogadores e daremos sequência ao trabalho do Simeone, o que é muito bom. Então, creio que o principal reforço mesmo já foi a permanência dos grandes destaques. Estamos preparados para fazer uma grande temporada.







Caio Henrique - Atético de Madrid

Caio Henrique atua pelo Atlético de Madrid (Foto: Divulgação)

Você já está como profissional do Atlético. Simeone já sinalizou que vai dar mais oportunidades para você?

Não tivemos muito contato nessa pré-temporada. Integrei o grupo principal do Atlético no ano passado por várias vezes. Neste ano, iniciei com o B e participo com o grupo principal em algumas atividades. Claro, como todo jogador, quero ter mais minutos em campo, mas possibilidades de demonstrar meu futebol, e creio que nessa temporada que se inicia agora, terei essas chances. Estou bastante animado com essa possibilidade.

O Atlético ficou em terceiro na temporada passada. É hora de voltar a desbancar Real Madrid e Barcelona?

O Atlético já, há algum tempo, vem formando essa trinca, a disputa de títulos no futebol espanhol deixou de ser apenas entre os dois times que você citou já há alguns anos, exatamente pela força do Atlético. Dito isso, nos vejo prontos para conquistar qualquer competição que disputarmos, seja La Liga, Copa do Rei ou Liga dos Campeões.

BATE-BOLA COM WILLIAN JOSÉ, DA REAL SOCIEDAD

Como você viu a preparação do time para esta temporada? A Real Sociedad vem mais forte?



Conseguimos fazer uma boa preparação e com certeza vamos fazer grandes campeonatos. Sabemos que os resultados da última temporada nos fazem ser mais cobrados e observados, mas isso tem de nos motivar a buscar coisas maiores. Temos um bom elenco, que se conhece bem. Individualmente, espero poder ajudar a equipe com gols, muita dedicação e ajuda aos companheiros. Achei que meu primeiro ano seria de adaptação, mas logo reparei que estou encaixado. Agora tenho a expectativa de rendimento ainda melhor.









Willian José - Real Sociedad x Sporting Gijón

Willian José é destaque dos bascos (Foto: Reprodução / Twitter)

Neymar deixou o Barcelona rumo ao PSG. Ficou mais fácil se tornar o artilheiro brasileiro do Campeonato Espanhol?

Na temporada passada foi por pouco, né (risos). O Neymar acabou me passando nas últimas rodadas. Mas fiquei feliz pelo meu rendimento, ainda mais por ser meu primeiro ano no clube. Espero poder fazer uma grande temporada, ajudando o clube com gols e também muito empenho. Se conseguir ser o artilheiro, será bom para a nossa equipe. Então, vamos em busca disso e também de outros objetivos, trabalhando sempre em prol do coletivo. Será minha quinta temporada na Europa e me sinto muito bem para desempenhar um bom papel.

E MAIS: