Sob vaias, Tyron Woodley mantém cinturão na pior luta do UFC 209

Sob vaias, Tyron Woodley mantém cinturão na pior luta do UFC 209

Depois da queda da luta entre Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov, que passou mal durante o processo de corte de peso, a disputa principal da noite ganhou ainda mais destaque. Valendo o cinturão dos meio-médios (77 kg), Tyron Woodley e Stephen Thompson lideraram o card no ginásio T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), e, ao contrário do confronto protagonizado em novembro de 2016, travaram uma das disputas mais monótonas já vistas no evento.

Com cinco rounds travados em que ambos preferiram esperar os ataques do rival para jogarem no contragolpe, Tyron Woodley venceu por decisão majoritária, com dois árbitros apontando sua superioridade mínima, enquanto que o terceiro jurado viu um novo empate.

A luta

Logo no início do confronto, ficou claro que nenhum dos atletas estava disposto a atacar e se expor de forma desnecessária. No entanto, o primeiro assalto foi um exagero de cautela e, com um possível empate nas papeletas dos jurados na etapa, as vaias da torcida não demoraram a se fazerem presentes.

No segundo assalto, o desafiante tomou mais a iniciativa, andou para frente e, embora nada de contundente tenha acontecido, colocou mais ação em prática e garantiu ligeira vantagem na parcial. Cenário este que foi inverso ao do terceiro round, quando Woodley derrubou (pela única vez na luta) e, por ficar por cima por mais de dois minutos, não teve problemas para liderar a etapa.

Ja no quarto assalto, sob vaias incontroláveis da torcida, os atletas protagonizaram novo teatro com falta de ação mas Thompson voltou a andar mais para frente e jogar com a regra para se colocar em posição favorável na visão dos jurados.

Com isso, no quinto e último assalto, a pior luta já vista em uma disputa de cinturão foi finalizada com vaias da plateia por cinco minutos, que deixou clara a insatisfação da plateia, que a essa altura já ignorava a ligeira vantagem do desafiante e o quase nocaute aplicado por Woodley nos 20 segundos finais.

Ao fim do duelo, o triunfo co campeão não foi aprovado pela torcida. Que final de noite horrível para o UFC!

Acompanhe os resultados do UFC 209:

Tyron Woodley venceu Stephen Thompson por decisão majoritária;
David Teymur venceu Lando Vannata por decisão unânime;
Dan Kelly venceu Rashad Evans por decisão dividida;
Cynthia Calvillo finalizou Amanda Cooper no 1º assalto;
Alistair Overeem nocauteou Mark Hunt no 3º round;
Marcin Tybura nocauteou Luis Henrique ‘KLB’ no 3º round;
Darren Elkins nocauteou Mirsad Bektić no 3º round;
Iuri ‘Marajó’ Alcântara
finalizou Luke Sanders no 2º round;
Mark Godbeer venceu Daniel Spitz por decisão unânime;
Tyson Pedro nocauteou Paul Craig no 1º round;
Albert Morales venceu Andre Soukhamthath por decisão dividida.