Sob protestos da torcida e pipoca, São Paulo chega ao estádio em Limeira

LANCE!
·1 minuto de leitura


O São Paulo chegou sob protesto ao estádio Major Levy Sobrinho, em Limeira, onde joga, nesta quarta-feira (3), contra a Inter de Limeira pela segunda rodada do Paulistão. Na recepção ao Tricolor, torcedores chamaram o time de 'sem vergonha' e também atiraram pipocas no ônibus da delegação.


O São Paulo estreou com um empate diante do Botafogo-SP, no último domingo (28), no Morumbi. A partida marcou a estreia do treinador Hernán Crespo no comando da equipe.

Após uma temporada decepcionante em 2020, na qual o Tricolor liderou o Brasileirão com sete pontos de vantagem mas despencou nas rodadas finais até a quarta colocação, ainda mais com eliminações nas copas, os protestos passaram a fazer parte da rotina do time.

Entre protestos e manifestações de torcedores, um ato foi marcado por sua violência, quando o ônibus da delegação foi atacado com pedras e rojões no caminho para o Morumbi, antes da partida contra o Coritiba.

Além dos ataques ao veículo, foram encontradas bombas nos arredores do local da emboscada. Ao todo, catorze indivíduos foram presos em flagrante, e 15 pessoas foram denunciadas pelo Ministério Público por um total de cinco crimes.