Sob o comando de Pintado, Ferroviária tem o melhor desempenho desde 2016 no Paulistão

LANCE!
·1 minuto de leitura


Apesar da derrota contra o Novorizontino na noite do último sábado, no Estádio Jorge Ismael di Biasi, em Novo Horizonte, a Ferroviária ostenta o melhor desempenho dos últimos quatro anos após seis rodadas disputadas. Com dez pontos ganhos em seis partidas, a Ferrinha igualou a marca de 2016 e superou os números de 2017, 2018, 2019 e 2020.

> Veja a classificação do Campeonato Paulista

RETROSPECTO

Em 2017 a Ferroviária somou apenas cinco pontos nas primeiras seis rodadas. A campanha teve uma vitória, dois empates e três derrotas e, após as seis primeiras partidas, a Locomotiva ocupava a lanterna do Grupo 4. No ano seguinte, após a mesma quantidade de rodadas disputadas, a equipe tinha um ponto a mais do que no ano anterior, com um retrospecto de uma vitória, três empates e duas derrotas, e também ocupada a última colocação do Grupo 3.

Em 2019, a equipe fez oito pontos. Com duas vitórias, dois empates e duas derrotas. Os resultados deram a liderança a equipe de Araraquara no Grupo 3. Em 2020, entretanto, o desempenho do ano anterior não se repetiu, pelo contrário, com apenas uma vitória, dois empates e três derrotas, a Ferroviária amargou novamente a última posição no Grupo 4.

Assim, com a quinta melhor campanha no geral e o terceiro melhor ataque da competição, em 2021, o time do técnico Pintado é um dos principais destaques do Paulistão. São três vitórias, um empate e duas derrotas até o momento. A Ferrinha arrancou uma grande vitória diante do Corinthians, na Fonte Luminosa, e ainda empatou com o Santos na Vila Belmiro. Com a manutenção na Série A1 praticamente garantida, o próximo passo é projetar uma classificação que não vem desde 2019.