Sob desconfiança, Neymar volta ao PSG precisando decidir qual versão irá levar a campo

Goal.com
Atacante defendeu a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru e já treinou no PSG, que sábado enfrenta o Strasbourg
Atacante defendeu a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia e Peru e já treinou no PSG, que sábado enfrenta o Strasbourg

Depois de toda a novela envolvendo o seu futuro na janela de transferências da Europa, Neymar finalmente volta ao PSG. O técnico Thomas Tuchel confirmou que o craque estará no grupo que enfrenta o Strasbourg nesse sábado (14), às 12h30 (de Brasília), pela Ligue 1. O jogo pode ser assistido ao vivo pelo DAZN.

Livre da lesão que sofreu no tornozelo direito, em maio passado, o craque defendeu a seleção brasileira nos amistosos contra Colômbia, quando balançou a rede, e Peru. Ele já tem condição física para defender o time de Thomas Tuchel e inclusive já treinou normalmente com o elenco parisiense na quinta-feira. No entanto, agora ele tem que driblar o mal-estar com diretoria e elenco do clube para voltar a fazer a diferença. Além de tudo, ele deve voltar enquanto duas outras estrelas - Cavani e Mbappé - estão se recuperando de lesão, embora ele ainda não possa jogar na Champions League devido a uma suspensão recebida na temporada passada.

O primeiro jogo de Neymar na temporada pode acontecer justamente no Parc des Princes, onde houve manifestação contrária de torcedores em relação à sua permanência há algumas semanas. Na ocasião, os ultras da equipe pediram a saída do brasileiro alegando o mau comportamento extracampo e a suposta intenção de deixar o clube.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Neymar, agora, volta ao PSG e fica uma grande indagação: ele mostrará em campo o mesmo que mostrou durante o mercado da bola ou fará diferente e jogará um bom futebol?

Durante a janela de transferências, ele demonstrou a todo instante que o seu desejo era deixar o PSG. Nos últimos dias de mercado, inclusive, ofereceu pagar 20 milhões de euros (R$ 89,8 milhões) do próprio bolso para jogar pelo Barcelona. A oferta, no entanto, foi recusada e serviu somente para deteriorar a relação do atleta com o time.

Agora, o jogador precisa resgatar o que mostrou desde o início de sua trajetória, com gols e assistências pela equipe da capital francesa. Ao todo, Neymar fez 58 partidas, com 51 gols e 29 assistências pelo PSG.

Embora os números individuais sejam bons, ele ficou fora de momentos relevantes, como as duas últimas edições de oitavas de final de Champions League. O time foi derrotado por Real Madrid e Manchester United nas ocasiões. Nas duas situações, o craque se ausentou por lesão.

Em contrapartida, Neymar tem dois importantes títulos com as cores do PSG. O craque venceu a Ligue 1 em duas oportunidades. O problema é que o investimento no clube é para a inédita conquista da Liga dos Campeões.

Leia também