Sob aplausos, nadadora da Argélia faz história e finaliza maratona aquática 17min depois

·1 minuto de leitura
Argelina Souad Nefissa Cherouati concluiu a prova cerca de 17 minutos depois (Foto: Oli Scarff/AFP via Getty Images)
Argelina Souad Nefissa Cherouati concluiu a prova cerca de 17 minutos depois (Foto: Oli Scarff/AFP via Getty Images)

As medalhas de ouro, prata e bronze significam muito em se tratando de competições. Neste momento de Olimpíadas, cada uma ganha significados diferentes. Mas, em alguns casos, as histórias não se constroem entre os três primeiros, aqueles que concluem as provas com maestria. Agora, por exemplo, todo mundo fala da brasileira Ana Marcela, medalhista de ouro nas Olimpíadas de Tóquio com tranquilidade.

Por outro lado, existem outras pessoas que tinham o mesmo objetivo e não conseguiram chegar tão próximo quanto a brasileira. A argelina Souad Nefissa Cherouati, por exemplo, ficou distante de Ana Marcela. Ela só concluiu a prova cerca de 17 minutos depois, mas concluiu — e é isso o que fica também no espírito olímpico.

Leia também:

Souad Cherouati foi a primeira argelina a representar o país na maratona aquática. Pouco importava a distância dos líderes, mas sim estar ali. 17 minutos ou nenhum, ela concluiu a prova. Por isso, ela comemorou bastante o final e recebeu aplausos. 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos