Soares e Murray param na semifinal em Paris

·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


A parceria formada pelo mineiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray parou na semifinal do Masters de Paris-Bercy, após serem superados pela dupla do alemão Tim Puetz e o neozelandês Michael Venus, que jogarão sua 1ª final em Masters.

Em 1h29 de um jogo muito disputado, Puetz e Venus fecharam o placar em 7/5 6/3 tendo convertido quatro aces contra três da dupla do brasileiro, que cometeu cinco duplas-faltas contra uma da parceria do alemão, que venceu 71% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 83% de aproveitamento de Soares e Murray.

O primeiro set foi marcado pelo equilíbrio tático das duplas, que trabalharam bem com primeiro serviço e cometeram poucos erros. Desta forma, o jogo de rede falou mais alto e as duplas salvaram breakpoints entre o 5º e 7º game, tendo Bruno Soares seu saque pressionado e precisou salvar apenas no 5º game três breakpoints. A disputa seguiu e Puetz e Venus conseguiram a quebra no 11º game e sacaram para a parcial.

No set seguinte, as duplas seguiram se pressionando, porém a parceria do alemão conseguiu trabalhar melhor os momentos de tensão, salvou breakpoints e converteu quebras no 5º e 9º games para se garantirem em sua primeira final de torneio do Masters 1000.

Puetz e Venus aguardam pelos vencedores do duelo entre a parceria francesa de Pierre Hugues Herbert e Nicolas Mahut contra o australiano John Peers e o eslovaco Filip Polasek.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos