Skatista Virginia Fortes Aguas disputa Jogos Sul-Americanos da Juventude

Virginia Fortes Aguas compete no skate street (Foto: Pablo Vaz)


A skatista Virginia Fortes Aguas esteve muito perto de representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Era a quarta representante do país, e apesar de estar dentro da área de classificação no ranking internacional, ficou de fora pela concorrência interna. Agora, no novo ciclo, quer aproveitar todas as oportunidades de vestir verde e amarelo. A primeira delas acontecerá em Rosário, na Argentina, a partir desta quinta-feira. Integrando a Seleção Brasileira de street, sua modalidade, ela disputará pela primeira vez os Jogos Sul-Americanos da Juventude, competição que reunirá 2.500 atletas de 15 países. Uma 'miniolimpíada'.

Convocada a defender o Brasil, Virgínia espera fazer bonito. Embalada pelos bons resultados conquistados na última temporada europeia e neste início de ano, ela usará como estratégia a tranquilidade, o passo a passo, para chegar longe.

- Espero conseguir fazer uma boa competição, pensando em cada fase para ir me classificando, colocar as manobras que venho treinando e, quem sabe, conseguir uma medalha. Essa atmosfera de seleção, de treinamento em conjunto, de torcermos um pelo outro é a coisa mais legal. O skate sempre viveu isso, é a nossa essência, e trazer isso para cá vai ser incrível - disse Virgínia.

As competições do skate street começarão já na quinta, com a fase eliminatória. As semifinais acontecerão na sexta e as finais no sábado. E, apesar do foco estar em levar o Brasil ao pódio, Virgínia quer aproveitar também para viver a experiência de um evento tão grande.

- Eu fiquei muito feliz com essa oportunidade de disputar uma competição tão grande, que reúne os melhores de muitas modalidades, em um formato inédito, com todas as competições no mesmo lugar. É como se fosse uma 'miniolimpíada' mesmo e tenho certeza que será muito legal para a gente - encerrou a skatista.

Antes do embarque, junto com a Seleção Brasileira, Virginia passou por um período de treinamento em São Paulo, junto com técnico Roger Mancha e Giovana Moreira, Kalani Konig e Matheus Teixeira que também representarão o país nos Jogos, e toda a estrutura da Confederação Brasileira de Skate. Os Jogos Sul-Americanos servirão também como preparação para as duas etapas do Mundial em 2022, que já contarão pontos para a corrida olímpica. São eles: Street Skateboarding Rome, na Itália, de 26 de junho a 03 de julho, e o Rio World Skate Street World Championship 2002 by STU, de 9 a 16 de outubro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos