Six Spartans continua se reforçando e acerta retorno de Victor Hugo“Mega”, ex-Flamengo Imperadores

Foto: (Grasiela Gonzaga) - Victor Hugo "Mega" é um dos melhores recebedores do país


O Six Spartans continua se reforçando bastante para a temporada 2023. No primeiro dia do ano, o time paulista anunciou a contratação do wide receiver Victor Hugo “Mega”, que estava no Flamengo Imperadores. “Mega” é o segundo reforço de peso da equipe. Antes, o clube já havia anunciado a chegada do quarterback Ramon “Mamão” Martire, também ex-jogador do Flamengo Imperadores.

Victor Hugo “Mega” começou a carreira em 2013 no flag football, pelo América Ducks. No ano seguinte, o wide receiver conquistou o Campeonato Paulista pelo Corinthians Steamrollers, e ao final de 2014, recebeu uma bolsa integral para jogar na universidade Texas College, em Tyler, no Texas-USA.

"Mega" foi convocado pela seleção brasileira em 2015, para representar o país na disputa da Copa do Mundo de futebol americano. Em 2017, Victor Hugo jogou pelo Sada Cruzeiro e foi campeão da Liga BFA. No mesmo ano, ele vestiu novamente a camisa do Brasil Onças, em amistoso contra a Argentina, no Mineirão.

Em 2018, o wide receiver conquistou o bicampeonato nacional pelo Galo Futebol Americano. Victor Hugo "Mega" já participou de Combines em Miami, nos Estados Unidos, com scouts da NFL e CFL (Canadá). O wide receiver também recebeu um convite da XFL (outra Liga dos EUA), para ser avaliado em um combine em Saint Louis, e para um combine privado para CFL. Além disso, o jogador também já atuou na Turquia, pelo Yeditepe Eagles.

No ano passado, o wide receiver defendeu o Six Spartans na Série Diamente da SPFL e no segundo semestre ajudou o Flamengo Imperadores nas disputas do Brasileirão da CBFA e na Taça Brasil Hinova.

Em dezembro passado, Victor Hugo “Mega” foi um dos destaques da seleção brasileira de flag football na campanha vitoriosa do Sul-Americano da modalidade disputado em Itapecerica da Serra, em São Paulo. Ele também foi convocado para a Seleção Brasileira de futebol americano que tentará, neste ano, uma vaga no Mundial da modalidade na Alemanha, em 2025.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.