Situação do Palmeiras elege maioria no Conselho de Orientação Fiscal

Yahoo Esportes
Mauricio Galiotte e Leila Pereira (Mauricio Rummens/Photo Premium/Gazeta Press)
Mauricio Galiotte e Leila Pereira (Mauricio Rummens/Photo Premium/Gazeta Press)

A situação do Palmeiras elegeu a maioria dos membros do Conselho de Orientação Fiscal, nesta segunda-feira (18): Foram eleitos 8 conselheiros ligados à situação, contra 7 conselheiros com maior proximidade à oposição, pela conta de lideranças da situação. Curiosamente, a contabilidade da oposição aponta 9 situacionistas, contra 6 oposicionistas.

O órgão tem sido uma “pedra no sapato” da Crefisa, ao rejeitar o aditivo contratual entre clube e patrocinadora, e reprovar os balancetes pela mesma razão.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O cofista eleito com o maior número de voto foi Savério Orlandi, ex-diretor de Paulo Nobre, com 144 votos. Em segundo lugar, ficou o recentemente eleito conselheiro vitalício Enio George Camarano, com 131 votos.

Leia mais:

– São Paulo promete multa após Jean abandonar reunião
– Carlinhos Neves não vê benefícios numa possível eliminação do SP no Campeonato Paulista
 Globo exibirá jogo do Palmeiras na TV aberta nesta quarta

Causou surpresa a não-eleição de Antonio Augusto Pompeu de Toledo, apoiado pelo presidente Mauricio Galiotte e do presidente do Conselho Deliberativo, Seraphim del Grande. Outro nome tradicional que surpreendentemente não conseguiu se eleger foi Roberto Frizzo, ex-vice de futebol, impedido de fazer campanha por motivo de saúde.

Os ex-presidentes são membros natos do COF: Carlos Facchina, Mustafá Contursi, Affonso dela Monica, Luiz Gonzaga Belluzzo, Arnaldo Tirone e Paulo Nobre. Destes, apenas um, Belluzzo, é aliado declarado da situação, enquanto os demais adotam postura de oposição ou de neutralidade. Belluzzo e Nobre não costumam frequentar as reuniões do conselho.

A situação embalou uma sequência de vitórias nos últimos meses, ao reeleger o presidente Mauricio Galiotte, a maioria dos vitalícios, a maioria dos novos membros do conselho deliberativo e reeleger, com o apoio de Leila Pereira, dona da Crefisa, o presidente do Conselho Deliberativo, Seraphim del Grande. Mas, no COF, a oposição mantinha a maioria.

Veja mais de Eduardo Ohata no Yahoo Esportes

Leia também