Situação e oposição no Flamengo já procuraram Renato Gaúcho

Jorge Nicola
<em>Contrato de Renato Gaúcho com o Grêmio termina em dezembro (Alexandre Schneider/Getty Images)</em>
Contrato de Renato Gaúcho com o Grêmio termina em dezembro (Alexandre Schneider/Getty Images)

É provável que nenhuma das partes confirme, mas tanto a chapa de Ricardo Lomba quanto a de Rodolfo Landim já entraram em contato com o técnico Renato Gaúcho. Lomba, que concorre como candidato à presidência pelo Flamengo, e Landim, principal opositor, usaram interlocutores para comunicar o treinador do Grêmio que pretendem contratá-lo em caso de vitória nas urnas, em dezembro.

Você já viu o novo app do Yahoo Esportes? Baixe agora!

O vínculo de Renato Gaúcho com o Tricolor termina em dezembro e, apesar das inúmeras tentativas do presidente gremista Romildo Bolzan, não houve qualquer avanço nas discussões para a prorrogação.

Renato Gaúcho é um sonho antigo na Gávea. No fim do ano passado, quando Reinaldo Rueda era especulado para trocar a Gávea pela seleção chilena, vários aliados do presidente Eduardo Bandeira de Mello defenderam que o colombiano fosse demitido, abrindo espaço para o gremista – na oportunidade, Renato discutia sua renovação em Porto Alegre.

Leia mais:
Botafogo ganha mora e opções na reta final do Brasileiro
Rildo retorna após seis meses, se emociona e agradece Vasco
Corinthians volta à estaca zero contra o Botafogo

Nem o interlocutor de Lomba, tampouco o de Landim chegaram a falar com Renato Gaúcho sobre salário ou tempo de contrato. A ideia era demonstrar interesse e sugerir que ele deixe para resolver seu futuro somente depois da eleição que apontará o sucessor de Bandeira.

Dorival fora: Se Renato Gaúcho assumirá o Flamengo em 2019, só o tempo dirá. Mas uma coisa é certa: o atual comandante rubro-negro, Dorival Júnior, não está nos planos do grupo que dirige o clube. Tanto que ele não tem participado de nenhuma das decisões ligadas ao planejamento do elenco para a próxima temporada.

Recentemente, Bandeira, Lomba e Carlos Noval discutiram nomes de reforços como o do atacante Gabigol e do lateral-esquerdo Dodô. Ambos estão emprestados ao Santos e seus direitos econômicos pertencem a Inter de Milão e Sampdoria, respectivamente.

O Fla vai tentar contratá-los para o próximo ano caso Lomba saia vencedor do pleito. E Dorival, apontado como substituto de Maurício Barbieri, só teria alguma pequena chance de renovar seu contrato caso conseguisse o título do Brasileirão, o que parece mais distante ainda depois do empate com o São Paulo, neste domingo – o Flamengo está seis pontos atrás do Palmeiras, a seis rodadas do fim do campeonato.