Situação de Agüero segue preocupando após arritmia

·1 min de leitura
Jogador foi substituído no primeiro tempo do empate do Barcelona com o Alavés. Foto: Alex Caparros/Getty Images
Jogador foi substituído no primeiro tempo do empate do Barcelona com o Alavés. Foto: Alex Caparros/Getty Images

Afastado do Barcelona desde o fim do mês passado, após reclamar de dores no peito durante o empate por 1 a 1 da equipe catalã com o Alavés pelo Campeonato Espanhol, Sergio Agüero segue preocupando os torcedores argentinos.

Isso porque as notícias vindas da Espanha especulam que apesar de um primeiro diagnóstico positivo, a situação pode ser um pouco mais complicada e até afastar definitivamente o craque dos campos.

Leia também:

Nos primeiros exames, logo após o jogo onde Agüero sentiu as dores, uma arritmia foi detectada e os médicos do Barcelona optaram por afastá-lo das atividades por três meses. Agora a Rádio Catalunya indicou que sua patologia é mais grave do que se pensava e pode até ser incompatível com a prática desportiva profissional.

Fato é que até janeiro ou fevereiro de 2022, o jogador seguirá com um tratamento especial para tentar avançar em sua recuperação, tudo com muita cautela.

Problema vem desde a infância

A situação ocorrida recentemente não se trata de uma arritmia isolada. Agüero apresenta uma patologia que se arrastava desde criança, quando tinha apenas 12 anos e jogava nas divisões inferiores do Independiente.

A última informação que a equipe catalã deu sobre o estado do argentino foi no dia 2 de novembro, quando emitiu um comunicado do Dr. Josep Brugada, recomendando um período mínimo de três meses de repouso.

Mesmo que se recupere, a situação pode tirar o jogador da Copa do Mundo de 2022, já que afastado das competições e com Lautaro Martínez, Joaquín Correa e Julián Álvarez ganhando a confiança do técnico Lionel Scaloni, pode ser que o veterano de 33 anos seja preterido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos