Situação do São Paulo volta a mostrar força em 'pré-seleção' de conselheiros vitalícios

Alexandre Guariglia
·1 minuto de leitura


Na manhã deste sábado, o Conselho Consultivo do São Paulo se reuniu para discutir a eleição de conselheiros vitalícios do clube. Como era de se esperar, a situação levou vantagem de "goleada" em cima da oposição, que só teve um conselheiro pré-selecionado para se tornar vitalício. Ao todo, 40 nomes passaram pela seleção e agora serão submetidos ao Conselho Deliberativo.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Confira quanto seu clube ganhará por transmissões do Brasileirão na Globo

Nesta fase seletiva, 67 conselheiros já eleitos se inscreveram para buscar uma vaga como vitalício. Desses, 40 foram selecionados, sendo 39 da situação e apenas um da oposição, uma vitória histórica para o grupo que está no poder atualmente, o que confirma força após a eleição tranquila de Júlio Casares.

Agora, esses 40 conselheiros serão submetidos ao crivo do Conselho Deliberativo, que escolherá 10 nomes para se tornarem vitalícios, ou seja, no mínimo nove desses escolhidos serão da situação e no máximo um será oposicionista, o que também assegura ainda mais poder ao atual presidente.

Ao todo, são 260 cadeiras no Conselho Deliberativa, serão 160 vitalícios (já contando com os dez novos) e 100 conselheiros trienais eleitos no último pleito (74 de situação e 26 de oposição), em novembro do ano passado.