Sintonia entre torcida, Maracanã e Flamengo foi o trunfo da vitória

O Flamengo estreou com o pé direito na Copa Libertadores da América, mas o placar de 4 a 0 foi apenas um detalhe em meio a tantos momentos especiais da partida. É inegável a mágica que o time e a torcida têm com o Maracanã.

VEJA TAMBÉM:
Todos os gols de Ney em 2016/17 | CR7 perdeu milagre do Barça | Piqué aposta em bebês

Estádio lotado e um mosaico impecável para o reencontro foi o cartão de visitas ao time do San Lorenzo que não havia disputado nenhuma partida oficial nesta temporada.

Como era de se esperar o primeiro tempo foi bem abaixo da média. Com o gramado visivelmente ruim, os dois times criavam poucas oportunidades. A única grande chance foi desperdiçada por Everton que sozinho, chutou na trave.

Everton Flamengo San Lorenzo Copa Libertadores 08032017


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

O time do San Lorenzo tem qualidade, apesar da falta de ritmo mostrou disposição na primeira etapa contra um Flamengo bastante espaçado e sem aproximação. Quem mais sentiu foi Diego, que não tinha com quem tocar a bola e apareceu bem pouco.

Mas antes do término do primeiro tempo, Zé Ricardo foi obrigado a fazer uma mudança, tirou Mancuello e colocou Berrío. O colombiano deu outra cara ao time, principalmente no segundo tempo.

Com o estádio enlouquecido apoiando a equipe Rubro-Negra durante os 90 minutos, o Flamengo voltou a campo mais organizado e aproveitou a queda de ritmo esperada do time argentino. 

Maracana Flamengo San Lorenzo Libertadores 08032017


(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo / Divulgação)

Com a grande atmosfera do Maracanã, um camisa 10 inspirado e o maior ídolo da história do clube na arquibancada, o time Rubro-Negro encaixou e deu um verdadeiro show no segundo tempo. Paolo Guerrero ainda se deu ao luxo de desperdiçar um pênalti. Nada que abalasse a torcida que esbravejou cânticos de incentivo ao camisa 9.

Uma vitória importante que contou com muitos fatores que devem ser ressaltados. Além da sintonia entre, torcida, estádio e time, Rômulo balançou as redes e pode ganhar mais confiança a partir daí e Berrío, que entrou no time com muita vontade, apresentou suas credencias para brigar de vez pela vaga de titular.

Na próxima quarta-feira, o Flamengo viaja até o Chile para encarar o Universidad Católica, pela segunda rodada da fase de grupos da competição.