Sindicato e federação chegam a acordo, e futebol argentino volta nesta quinta

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após reunião, a AFA (Associação do Futebol Argentino) e os Futebolistas Argentinos Agremiados, sindicato dos jogadores, chegaram a um acordo nesta quarta-feira (8) e a bola voltará a rolar nas ligas de futebol profissional da Argentina a partir de quinta-feira (9).

O campeonato nacional do país, marcado para retornar em 4 de fevereiro, ainda não começou porque os jogadores fizeram greve para cobrar dívida de R$ 61 milhões.

De acordo com o jornal argentino "Clarín", os 305 milhões de pesos (R$ 61 milhões) devidos aos jogadores foram pagos na segunda-feira (6) e começaram a cair nas contas dos jogadores. Outra parte da dívida será sanada nesta quinta, quando as partidas deverão ser retomadas com o duelo entre Vélez e Estudiantes.

Três clubes brasileiros estreiam nesta quarta (8) na Libertadores contra rivais argentinos. O Palmeiras visita o Atlético Tucumán. O Flamengo recebe o San Lorenzo e o Atlético-MG vai a Mendoza enfrentar o Godoy Cruz.