Simon, analista do Fox Sports, crê em boa arbitragem de argentino na final

LANCE!/DIARIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


No próximo sábado, às 17h, Palmeiras e Santos fazem a final da Copa Conmebol Libertadores, no Maracanã. A escolha do trio de arbitragem argentino gerou repercussão nos últimos dias e o comentarista Carlos Eugênio Simon, do Fox Sports, que transmitirá o jogo na TV por assinatura, comentou a respeito.

“Muito boa a escolha da comissão de arbitragem da Conmebol. Patricio Loustau é um árbitro experiente e me agrada como apita, conversa com os jogadores e não permite jogo violento. Está numa boa fase e entre os três melhores da América do Sul. Espero que esteja num grande dia e juntamente com seus companheiros realize uma boa arbitragem”, disse Simon.

Além do juiz Patricio Loustau, a equipe de arbitragem contará com os assistentes Ezequiel Brailovsky e Diego Bonfa, além de Mauro Vigliano operando o VAR, todos da Argentina. Ao ser questionado sobre a final entre dois times brasileiros não contar com nenhum árbitro do país, Simon vê o fato como natural.

“Nas outras duas finais da Copa Libertadores que envolveram equipes brasileiras, os árbitros foram de fora do país (árbitros de Argentina e Uruguai fizeram as decisões de 2005 e 2006 entre São Paulo x Athletico-PR e São Paulo x Internacional). Santo de casa não faz milagre”.

Simon ainda comentou o que espera da partida do clássico paulista na final da Libertadores.

“Espero que seja um jogo tenso e intenso, duas grandes equipes com muitos jogadores habilidosos e dois bons técnicos”, complementou ele, que estará na transmissão do Fox Sports ao lado de Nivaldo Prieto, Paulo Calçade e Zinho direto do Maracanã.

Se vencer a Libertadores, o Peixe garantirá classificação para o Mundial de Clubes da FIFA. A competição ocorrerá já em fevereiro, no Catar.