Similar aos de Jorge Jesus, treinos de Paulo Sousa no Flamengo já caem nas graças de jogadores

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

As primeiras impressões no Flamengo sobre o trabalho de campo do técnico Paulo Sousa são muito boas. Os treinamentos tem sido considerados de muita qualidade pelos jogadores e membros do clube.

Depois de pouco mais uma semana desde a chegada, o novo comandante e sua comissão técnica já indicaram um padrão de atividades, e elas são muito intensas, apesar de sem tanta duração.

O modelo europeu agradou bastante aos atletas, embora internamente eles venham se apresentando muito cansados após os treinos. O nível de cobrança é similar ou até um pouco além do visto na era Jorge Jesus, de acordo com os relatos.

Ao longo da pré-temporada, Paulo Sousa tem o desafio de tornar o grupo homogêneo fisicamente. E para isso tem usado atividades em dois períodos em alguns dias, com o almoço do elenco no Centro de Treinamento e maior tempo para descanso.

A tarefa de lapidar o grupo fica a cargo do preparador físico Antônio Gomez, com passagens por Liverpool, Sunderland e Barcelona. É ele quem prepara os planos individuais de prevenção e de força para cada jogador.

O objetivo é que a concentração facilite para que todos cheguem na melhor forma o quanto antes, de olho na temporada com um todo. O time principal estreia na quarta rodada do Estadual, contra o Fluminense, antes da final da Supercopa contra o Atlético-MG.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos