Silvio Godoi retira candidatura do Conselho, e Beneméritos do Vasco buscam nome de consenso

LANCE!
·3 minuto de leitura


Durante a última semana, as mudanças no Conselho de Beneméritos do Vasco conviveram com momentos cercados de acusações. O órgão passará por uma eleição nesta sexta-feira para definir sua mesa diretora para o próximo triênio. Porém, diante do impasse sobre a forma em que o pleito será realizado, o atual presidente do conselho, Silvio Godoi, anunciou que não tentará a reeleição e convidou Antônio Peralta, para pensar em um nome de consenso no clube.

> Confira a tabela atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

Com isso, Godoi fez o anúncio poucas horas após Antônio Peralta entrar na justiça e solicitar que a votação desta sexta seja de maneira híbrida, com votos presenciais e on-line. Neste sentido, as negociações para a escolha de um nome acontecem nesta quinta. Um possível candidato, que pode ser de consenso ou não, é André Luiz Vieira Afonso. Ele é benemérito e foi vice-presidente de patrimônio do clube.


Confira o comunicado de Silvio Godoi, Presidente do Conselho de Beneméritos do Vasco


Em virtude dos últimos acontecimentos, gostaria de deixar claro que o meu único lado sempre foi o Vasco da Gama. Ao longo dos 36 anos ininterruptos de relevantes serviços prestados, busquei sempre ajudar e fazer o melhor para o Club, ao contrário de alguns oportunistas que muitas vezes fugiram de suas responsabilidades.

Aproveito a mensagem do Grande Benemérito José Luis Moreira para corroborar que é hora de renovação no Conselho de Beneméritos, por isso comunico que o meu ciclo está encerrado. Convido o Grande Benemérito Antônio Peralta para um entendimento de um nome de consenso para o bem da Instituição. Continuarei à disposição do Club para colaborar no que for necessário.


Entenda o impasse na votação desta sexta-feira


Apesar das brigas jurídicas, o Vasco empossou seu novo mandatário Jorge Salgado, os novos vice-presidentes administrativos e os presidentes dos conselhos Deliberativo e Fiscal. O próximo passo será a definição da mesa diretora do Conselho de Beneméritos no próximo triênio, a ser realizada nesta sexta, no ginásio de São Januário, entre 10h e 16h.

Para isso, Silvio Godoi, presidente do conselho, convocou a eleição após o vice-presidente do Conselho de Beneméritos do Gigante da Colina, José Luís Moreira, ter se manifestado a favor da realização do pleito e estipulado um prazo até quarta-feira para a definição dos nomes, conforme adiantou o site 'Globo Esporte'.

Vale destacar que a votação respeitará os protocolos de saúde e segurança contra o Coronavírus e a contagem de votos ocorrerá logo após o fim da eleição às 16h. Será obrigatório o uso de máscara e os assentos terão dois metros de distância. No documento divulgado, Godoi revogou a decisão de prorrogar por 90 dias o mandato da mesa diretora, por conta da pandemia.

Nesta quarta-feira, o grande benemérito e presidente da escola de samba Unidos da Tijuca, Fernando Horta, fez acusações a Godoi em uma entrevista ao portal 'Uol'. Há expectativa que novamente a Justiça decida o formato de um evento do Vasco.

A importância do Conselho de Beneméritos na história recente do Vasco


O Conselho de Beneméritos do Vasco é um órgão moderador do clube. Diferentemente dos Conselhos Deliberativo e Fiscal, não tem formação da mesa diretora por eleição a partir das chapas eleitas na disputa principal, que teve Jorge Salgado como vencedor no último 14 de novembro.

Por décadas, Eurico Miranda foi o manda-chuva dos beneméritos. Quando não presidente de tal órgão, era a voz principal, e acabava sendo decisivo nas disputas internas. Isso porque tal conselho tem 150 nomes, que se juntam aos 150 eleitos para a formação do Deliberativo.

Mais recentemente, já após a morte de Eurico e perto da eleição do ano passado, a Junta Deliberativa, formada pelos presidentes dos poderes do clube, também esteve em evidência. Mas no cenário atual, o Conselho de Beneméritos está dividido.