Silas Malafaia é criticado nas redes após cobrar golpismo de Bolsonaro

***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 28.09.2022 - O pastor Silas Malafaia. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO, RJ, 28.09.2022 - O pastor Silas Malafaia. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O pastor Silas Malafaia rendeu memes e entrou para os assuntos mais comentados do Twitter após divulgar um vídeo dizendo ser contra "maluco" nas portas dos quartéis do Exército contra a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e cobrar golpismo do presidente Jair Bolsonaro (PL-RJ). Ele ficou irritado com críticas por ter ido a um resort de luxo enquanto bolsonaristas estavam em barracas.

Vários internautas compartilharam no Twitter um áudio antigo do jornalista Ricardo Boechat xingando o pastor. Um usuário que se identifica como Rogério Silva tuitou relembrando a frase do jornalista: "Vai chupar um canavial de rola, seu safado! Explorador da fé alheia!"

"A investida política do Silas Malafaia, deu tão errada, que ele quer tentar a prisão, para mudar seu status de traidor da igreja, por vender seus membros a grupos políticos, para perseguido, por disque ser cristão!", escreveu o internauta Wendell Barbosa.

Outros usuários da rede social disseram que o pastor, apoiador de Bolsonaro, precisa aceitar o resultado das urnas. "Perdeu, mané!! Aceita que dói menos! Acabou tua mamata!!", tuitou Luciana Gonçalves. "Gospista. Pastor do Ódio", escreveu o internauta Jonathan Américo.