Silêncio dos jogadores, protesto da torcida: o clima após mais um revés do Internacional

Futebol Latino
LANCE!
(Foto: Everton Silveira/Agencia F8)
(Foto: Everton Silveira/Agencia F8)


O comportamento dos jogadores e dos torcedores do Internacional nos períodos onde a bola não estava rolando no Beira-Rio frente ao Goiás conseguem refletir bem como o clima de absoluta tensão e resignação está aparente no Colorado.

Depois do volume sem efetividade que resultou na derrota parcial após o fim dos primeiros 45 minutos, as vaias e gritos de "sejam mais guerreiros" ganharam intensidade dobrada e foram respondidas com um silêncio ensurdecedor por parte dos atletas que saíram correndo do gramado.

O comportamento de não se pronunciar seguiu valendo tanto para o apito final como na teórica passagem dos jogadores pela zona mista que, na verdade, sequer aconteceu. Todos eles se encaminharam por uma saída alternativa de acordo com o relato do jornalista Eduardo Deconto.

Por outro lado, quem se manifestou bastante foram os fãs do Inter tanto no momento de deixar as arquibancadas do Gigante a margem do Rio Guaíba como já no pátio do Beira-Rio. Era possível ver um grupo contabilizado com cerca de 100 torcedores onde o principal grito de palavra de ordem era de "time sem vergonha."

Tentando evitar com que a situação em si atingisse um patamar mais sério, alguns seguranças se aproximaram da área e chegaram a cercar o setor reservado a imprensa e de maior acesso também aos atletas. Algo que, felizmente, não evoluiu para algo de maior seriedade.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também