Shell anuncia parceria e coloca Zonta como piloto da RCM em 2020

Redação GP

Em alta na temporada 2019 da Stock Car, a RCM já tem reforço para a temporada 2020: Ricardo Zonta. O piloto paranaense deixa a TMG de Thiago Meneghel e parte para a equipe de Rosinei Campos, onde segue com o apoio da Shell. 

A RCM não terá Max Wilson em 2020 e agora confere a terceira vaga a Zonta. O piloto vibrou com a confirmação e exaltou a consistência do trabalho de Campos.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"O mais importante é a gente olhar todos os resultados que o Meinha teve na Stock Car até hoje, em todos os anos disputando o título. Ele já conquistou vários campeonatos de equipes, diversos pilotos que andaram com ele já conquistaram o título. Então isso faz com que a gente respeite o trabalho dele. É muito importante para o piloto ter constância nos resultados", disse. 

"É mais do que só ganhar uma corrida e na outra largar em 20º ou 15º, é sempre estar entre os seis primeiros em todos os grids e em todas as corridas. A gente vê que o Meinha sempre coloca os carros dele entre os primeiros", seguiu. 

Rosinei Campos, Marcel Campos, Ricardo Zonta, Joselmo Barcik e Vicente Sfeir (Foto: Bruno Terena)


Paddockast # 41

MAIORES VITÓRIAS DE HAMILTON NA F1


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM





"Se analisarmos a Corrida do Milhão, ele estava com cinco carros, e todos largaram entre os dez primeiros. Isso é muito importante: saber que a gente vai almejar um trabalho de constância em todas as etapas, e não oscilar com uma etapa boa e outra ruim", completou.

 

Já o veterano engenheiro comemorou a chegada de Zonta.

 

"Estamos muito felizes e satisfeitos em ter o Ricardo Zonta conosco. Piloto que já tem demonstrado sua competência ao longo dos anos, experiente internacionalmente. Ele vir para fazer parte do nosso time para 2020 é uma satisfação. Esperamos fazer um bom trabalho com ele, entender o estilo dele, ele entender o estilo da equipe para conseguirmos excelentes resultados."

 

Gerente de patrocínios e esportes a motor da Raízen, que responde pela marca Shell no Brasil, Vicente Sfeir, exaltou que a mudança visa brigar pelo título em 2020.

 

"É uma expectativa muito grande. O Meinha é a história da Stock Car, multicampeão, e sempre tivemos o desejo de fazer parte de times vencedores na categoria. Nosso ciclo com a TMG foi vencedor, conquistamos poles positions, vitórias, dobradinhas... Mas, para o ano que vem, estamos buscando brigar pelo campeonato, e nada melhor do que ir para uma equipe que venceu os últimos dois títulos e vem liderando o campeonato atual", argumentou. 

 

"O Ricardo tem um currículo supervencedor, com vitórias em categorias de acesso à Fórmula 1, além de alguns anos na Fórmula 1. Ele é um piloto que merece muito brigar por um campeonato e ter esse título no currículo. O que planejamos para o ano que vem é colocar os nossos pilotos em condições de brigar pelo campeonato em equipes que já foram campeãs da categoria", finalizou.


Átila Abreu segue em discussões para permanecer na TMG, que agora fica com apenas um piloto confirmado para 2020.

 

A Stock Car em duas semanas, com a penúltima etapa da temporada, direto de Goiânia.

 


Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo


O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.


Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.









Leia também