Sharapova vence italiana em volta às quadras após 15 meses de suspensão

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A tenista russa Maria Sharapova voltou às quadras com vitória. Nesta quarta-feira (26), a ex-número um do mundo bateu a italiana Roberta Vinci por 2 sets a 0, parciais de 7/5 e 6/3, e avançou à segunda rodada do WTA de Stuttgart, na Alemanha.

Foi a primeira partida oficial da estrela do esporte desde que foi suspensa, em janeiro de 2016, pelo uso da substância Meldonium, proibida pela WADA (Agência Mundial Antidoping).

Sharapova, que não tem pontos no ranking mundial, já tem adversária para a próxima fase: a compatriota Ekaterina Makarova, que derrotou a polonesa Agnieszka Radwanska na estreia.

No jogo, a russa teve mais dificuldade na primeira parcial. A italiana, aliás, largou na frente ao quebrar o saque da adversária já no segundo game. Sharapova, no entanto, devolveu a quebra rapidamente e, no 11º game, assumiu a liderança do set para fechá-lo em seu serviço.

Segura, avançou facilmente para vencer na parcial seguinte, com uma quebra de saque -a única da parcial- já no primeiro game.

Sharapova está na competição a convite da organização. A russa despencou no ranking devido à inatividade e não tem posição necessária para entrar nos principais torneios. Além de Stuttgart, já tem convite para participar das chaves principais de Roma e Madri.

A russa luta para que seja convidada a participar do Grand Slam de Roland Garros, na França, do qual é bicampeã, mas a direção do torneio costuma ser rígida e não conceder o benefício a atletas flagrados em exames antidoping.