Sharapova vence e está na semifinal de 1º torneio após doping

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ela ficou afastada por 15 meses do tênis e, em seu retorno, a russa Maria Sharapova já está na semifinal do Torneio de Stuttgart. Nesta manhã de sexta-feira (28), a tenista venceu a estoniana Anett Kontaveit por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

A ex-número um do mundo não teve problemas para dominar as ações do jogo e precisou de apenas 1h23 para definir a vitória. No primeiro set, a estoniana de 21 anos conseguiu manter o equilíbrio apenas até o sétimo game, quando teve o saque quebrado. Depois disso, Sharapova ganhou os dois games seguintes e venceu a parcial por 6 a 3.

Melhor em quadra, Sharapova acuou a adversária com winners para obter a quebra no quarto game. Vinda do qualifying, Kontaveit só ameaçou a russa justamente no momento em que Sharapova sacava para vencer. No nono game, a estoniana chegou a ter 15-40, perdeu as duas chances para devolver a quebra, mas conseguiu a quebra na quarta oportunidade.

Porém, a alegria da jovem tenista durou muito pouco. Logo no game seguinte, Sharapova saiu de 40-15 para obter outra quebra de saque e definir a vitória. Foi o terceiro triunfo desde o retorno da russa. Antes, ela havia derrotado a italiana Roberta Vinci (7/5 e 6/3) e a compatriota Ekaterina Makarova (7/5 e 6/1).

A russa espera agora a vencedora do confronto entre a francesa Kristina Mladenovic, 19ª do ranking, e a espanhola Carta Suárez Navarro, 25ª colocada.

A participação de Sharapova no torneio encerrou um período de 15 meses longe do tênis, após ela ser punida por uso de meldonium no Aberto da Austrália de 2016.

Sharapova foi convidada pela organização do torneio e a atitude motivou críticas de tenistas como a canadense Eugenie Bouchard (que a chamou de trapaceira), da alemã Angelique Kerber (segunda do mundo) e da dinamarquesa Caroline Wozniacki (11ª do ranking).