Sevilla muda pedida por Arana e aguarda Corinthians

Yahoo Esportes
<em>Arana foi titular contra o Barcelona, no último dia 30 (Quality Sport Images/Getty Images)</em>
Arana foi titular contra o Barcelona, no último dia 30 (Quality Sport Images/Getty Images)

A novela envolvendo Guilherme Arana, Sevilla e Corinthians ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira, quando o clube espanhol topou uma alteração na forma de pagamento para que o negócio enfim saia. Em vez de € 4 milhões (R$ 16,7 milhões) à vista, o Sevilla aceita liberar o lateral-esquerdo por € 3 milhões (R$ 12,5 milhões), embora o valor total da transferência siga em € 8 milhões (R$ 33,4 milhões).

A dificuldade alvinegra com seu fluxo de caixa tem sido responsável por inviabilizar o acordo. O presidente Andrés Sanchez já aceitou o pagamento dos € 8 milhões, mas gostaria de começar a fazê-lo somente a partir de 2020. Já o Sevilla desejava receber € 4 milhões à vista e os outros € 4 milhões parcelados, desde que houvesse garantia bancária.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Resta agora saber ser Andrés Sanchez dirá “sim” à oferta espanhola, que livraria o Corinthians de gastar R$ 4,2 milhões no pagamento imediato.

Arana está decidido a voltar para o Brasil desde o fim do ano passado, mas precisa aguardar pelo entendimento entre os clubes. Neste período, ele chegou a jogar partidas importantes como titular, como no confronto das quartas de final da Copa do Rey, contra o Barcelona. Apesar da derrota por 6 a 1, foi dele o gol anotado pelo Sevilla.

Recentemente, o Sevilla chegou a propor a troca em definitivo de Arana por Léo Santos, mas o Corinthians rejeitou por entender que pode faturar mais do que € 8 milhões com seu zagueiro, que passou por todas as categorias de base da seleção.

Veja mais de Jorge Nicola no Yahoo Esportes

Leia também