Sesi-SP bate o Minas e está na semifinal da Superliga masculina

O Sesi-SP assegurou uma vaga na semifinal da Superliga masculina de vôlei 2016/2017. A equipe dirigida pelo técnico Marcos Pacheco levou a melhor sobre o Minas Tênis Clube ao vencer três jogos em sequência na série melhor de cinco. Neste domingo, a equipe de São Paulo venceu por 3 sets a 0 (25-22, 25-20 e 25-22), em 1h26 de partida disputada no Sesi Vila Leopoldina.

Agora, o Sesi-SP espera a definição da série entre Funvic Taubaté e JF Vôlei para conhecer o seu adversário na busca por uma vaga na grande decisão. O time do Vale do Paraíba está em vantagem na série, com duas vitórias, e as equipes voltam a se enfrentar nesta segunda-feira, às 18h30, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP). O confronto terá transmissão ao vivo do SporTV.

Já o Sada Cruzeiro, que se classificou no último sábado ao derrotar o Lebes Gedore Canoas, espera pelo resultado de Vôlei Brasil Kirin x Montes Claros Vôlei. Até agora, o time paulista está em vantagem depois de vencer os dois primeiros jogos. O terceiro será na próxima quinta-feira, às 21h55, no Taquaral, em Campinas (SP).



DESPEDIDA DO FALCÃO TREINAMENTO

O central Lucão, do Sesi-SP, foi quem mais se destacou para os torcedores. Na votação popular, realizada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), ele foi o que mais somou votos e recebeu o Troféu VivaVôlei.

- Talvez tenha sido nossa partida mais equilibrada em todos os fundamentos. O Murilo contribui muito, deixa o passe na mão para o Bruno jogar - comentou Lucão, que também comentou sobre a série de imprevistos enfrentados pelo seu time nesta temporada.

- Está sendo um ano complicado de lesões para a nossa equipe. Primeiro foi o Sidão, depois o Murilo, tivemos problemas de caxumba, dengue, agora por último o Douglas, mas acho que o time cresce com isso, além de abrir outras funções, como é o caso do Alan, que está jogando bem de ponteiro. Acredito que tudo isso só faz a equipe ainda mais forte - complementou Lucão.

Apesar de eliminado da Superliga 16/17, o levantador Gelinski, um dos mais experientes do jovem time do Minas Tênis Clube, demonstrou todo o seu orgulho em defender o clube.

- É um prazer vestir essa camisa do Minas, um clube gigantesco que nos deu toda a estrutura e investe na base, colocando os meninos para decidir na frente de campeões olímpicos. O Sesi-SP é um time muito grande, muitos que estão ali são nossos ídolos, e viemos lutar de igual para igual. Hoje eles foram melhores o jogo inteiro, tem seus méritos e estão de parabéns - concluiu Gelinski.








E MAIS: