Sesc assume time de vôlei feminino do Rio após saída de patrocinador

Jonas Moura
Unilever deixará equipe comandada por Bernardinho após 20 anos de parceria, mas acordo com entidade, que arcará com 100% das despesas, estava costurado desde o ano passado

Onze vezes campeão da Superliga feminina de vôlei, o Rexona-Sesc não irá patrocinar o vôlei feminino do Rio de Janeiro ao fim desta temporada, mas a cidade não deixará de ter um time no torneio. O LANCE! apurou que o Sesc arcará com todos os custos do projeto, que tem o técnico Bernardinho como principal cabeça. A informação foi confirmada em seguida pela assessoria da equipe.

A revelação sobre o fim da parceria foi feita pela ex-levantadora Fernanda Venturini, esposa do treinador, em entrevista à "Veja". Mas a decisão já estava tomada há mais de um ano.

– Depois de 20 anos, vai sair . Uma pena. A Unilever vai sair. Acabando, vai sair. Foram 20 anos sensacionais. Uma empresa fantástica – disse Fernanda.

Diante da crise que atinge a economia brasileira, a marca já havia cortado o investimento na modalidade. A parceria com o Sesc foi uma forma de manter o time vivo. Atualmente, a divisão do investimento é 50% para cada lado.

Por já estar integrado ao projeto, o Sesc poderá continuar na elite da Superliga, sem precisar passar pela Superliga B. A equipe masculina da entidade, que tem o bicampeão olímpico Giovane Gávio como técnico, disputa atualmente a segunda divisão do torneio em busca de um lugar entre os melhores.

Procurado pelo L!, o Sesc afirmou que "há interesse e orçamento previsto para a manutenção do projeto". O Rexona, por sua vez, enviou à reportagem um comunicado em que confirma a sua saída após o Mundial de Clubes, em maio, em Kobe (JAP).

– Nesse último ano da parceria, a Unilever nos proporcionou uma transição tranquila com o Sesc RJ, que assumirá o projeto daqui em diante. O Programa Sesc Esporte tem como foco passar valores importantes para crianças e jovens para que sejam cidadãos que façam a diferença na sociedade – disse Bernardinho, por meio do comunicado.

O Rexona se classificou às quartas de final da Superliga na primeira colocação e enfrentará o Pinheiros (8º). O primeiro confronto da série melhor de três será nesta sexta-feira, às 21h30, no Ginásio Henrique Villaboin, em São Paulo.










E MAIS:

Leia também