Serie A: Itália admite mata-mata pelo título em caso de nova paralisação

Goal.com

Assim como a Premier League e La Liga, a Serie A também já tem data para retornar. Mas mesmo enquanto cuida da retomada da competição, a Itália prepara um plano B em caso de uma segunda onda de contágio. E se a liga tiver que ser paralisada novamente, antes do dia 10 de julho, o formato de mata-mata deve ser adotado para que o campeão seja determinado, de acordo com informações da Sky Sports.

A preocupação da Federação Italiana de Futebol (FIGC) se deve ao protocolo estipulado para possíveis casos de jogadores e membros de comissões técnicas diagnosticados com o novo coronavírus.

Na Bundesliga, que foi a primeira grande liga da Europa a retornar, por exemplo, a determinação é que, caso um jogador seja diagnosticado com a Covid-19, ele fique em quarentena, mas seus companheiros de equipe podem continuar treinando e jogando normalmente, desde que obtenham resultados negativos.  

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Contudo, na Itália, que foi um dos países mais afetados pela doença, a regra do governo é que todo o elenco fique em quarentena de 14 dias caso algum membro da equipe seja confirmado com o novo coronavírus. 

Dessa forma, o campeonato italiano pode ser paralisado novamente mesmo com poucos casos confirmados.

Assim, se isso realmente acontecer, o caminho escolhido pela FIGC para a briga pelo título seria a realização de partidas eliminatórias, em um formato de mata-mata. Neste cenário, o rebaixamento das equipes para a Serie B deve ser cancelado.

Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol, já havia comentado sobre o temor de que os clubes tenham que suspender os trabalhos por conta de jogadores diagnosticados com a doença, e disse que essa regra poderia ser reconsiderada caso o número de casos diminua na Itália. 

Mas enquanto nada disso acontece, a Serie A está programada para voltar no dia 20 junho. Antes disso, a Copa da Itália ainda será concluída. As semifinais acontecem nos dias 12 e 13 de junho, com a final sendo disputada no dia 17. 

Leia também