Sergio Ramos pode ser dispensado do Paris Saint Germain

O contrato do espanhol termina em seis meses, e se o clube parisiense decidir não renovar a sua relação, ele poderá negociar com qualquer clube a partir de 1 de janeiro

Sergio Ramos tem contrato com o Paris Saint-Germain até o meio de 2023. Foto: Aurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images
Sergio Ramos tem contrato com o Paris Saint-Germain até o meio de 2023. Foto: Aurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images

Sergio Ramos, zagueiro do Paris Saint Germain, está perto de se tornar um jogador livre, então se o clube parisiense decidir não renovar o vínculo, poderá negociar com qualquer time, a partir de 1º de janeiro, para deixar os franceses em 30 de junho de 2023.

O jornal espanhol Mundo Deportivo indicou que a partir do próximo domingo o jogador entrará nos seus últimos seis meses de contrato, situação que, segundo o regulamento da FIFA, lhe permitirá negociar com qualquer clube onde acredite poder jogar a partir do próximo dia 1 de julho. de 2023.

Leia também:

Ainda que no contrato do futebolista, que chegou em agosto de 2020 por duas temporadas, não exista nenhuma cláusula que estabeleça a renovação automática, em todo o caso, não está descartado que o clube decida prolongar o vínculo por mais uma temporada.

Ramos disputou um total de 20 jogos pelo PSG até agora na atual temporada 2022-2023 e marcou um gol com um total de 1.641 minutos distribuídos em 13 jogos no campeonato da Ligue 1, seis na Liga dos Campeões e um na Liga dos Campeões da França.

O zagueiro chegou ao clube da capital francesa na janela de verão de 2021. Manchester United e Bayern de Munique também tentaram sua contratação, mas o defensor optou pela equipe de Neymar e cia.

O Paris Saint-Germain é o terceiro clube da carreira do zagueiro espanhol. Revelado pelo Sevilla, o jogador chegou ao Real Madrid na temporada 2005/06, onde permaneceu por 16 anos vitoriosos com a camisa merengue.