Sergio Perez é o piloto mais rápido na manhã final de testes na F1

Alan Baldwin
·2 minuto de leitura

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - O mexicano Sergio Perez, da Red Bull, foi o mais rápido na manhã final de testes da pré-temporada da Fórmula 1 no Barein, neste domingo, enquanto a atual campeã Mercedes realizou balanço positivo apesar dos contratempos nos últimos dias.

Perez, que será substituído pelo companheiro de equipe, o holandês Max Verstappen, nos testes desta tarde, rodou o circuito de Sakhir com o melhor tempo de um minuto e 30.187 segundos, em pneus macios.

A volta foi a mais rápida dos testes até agora, embora Perez tenha feito menos voltas do que os adversários, apenas 47. A última sessão de testes deve ter os carros mais rápidos em condições climáticas mais frias.

Charles Leclerc, da Ferrari, foi o segundo na tabela de tempos, mas com 80 voltas concluídas, e Lando Norris, da McLaren, foi o terceiro com 56 voltas.

Valtteri Bottas assumiu o volante da Mercedes, com o heptacampeão mundial Lewis Hamilton deixando para correr apenas nesta tarde.

Embora tenha sido apenas o sétimo mais rápido, o finlandês fez o segundo maior número de voltas, 84, e disse que a equipe recuperou terreno depois de uma sessão difícil de testes na sexta-feira, ocasião em que ele completou apenas seis voltas devido a um problema na caixa de câmbio.

"Acho que tivemos uma recuperação decente", disse Bottas aos jornalistas.

"Não posso dizer que atingimos totalmente a quilometragem que queríamos em três dias, mas na verdade não estamos tão longe. Ontem senti que aproveitamos 95% ao máximo e hoje eu diria 100%."

"Tivemos um dia realmente sólido hoje com uma boa quantidade de voltas e voltas de qualidade. Considerando o que aconteceu no primeiro dia, como foram os dias dois e três, estou satisfeito com o dia de hoje, mas agora é hora de transformar esses dados em desempenho."

George Russell enfim entrou nas pistas com a Williams depois de ficar de fora nos primeiros dois dias, enquanto o piloto de desenvolvimento Roy Nissany, israelense, e o canadense Nicholas Latifi também davam voltas pela escuderia.

Kimi Raikkonen da Alfa Romeo fez o maior número de voltas entre todos os pilotos, 91.

A temporada começa no mesmo circuito no dia 28 de março.