Serena se retira de Indian Wells e Miami e perderá top 1 do mundo

Depois de recuperar o topo do ranking da WTA com o título do Aberto da Austrália, a estadunidense Serena Williams será novamente ultrapassada pela alemã Angelique Kerber. A mudança já é certa pois Serena se retirou dos Masters 1000 de Indian Wells e Miami por problemas físicos.

“Infelizmente preciso me retirar nos Masters 1000 de Indian Wells e Miami. Não consegui treinar devido a meus joelhos e estou decepcionada que não poderei estar lá. Continuarei seguindo em frente e continuando a ser positiva. Espero poder voltar logo”, afirmou a tenista em um comunicado oficial.

Vice-campeã em Indian Wells em 2016, Serena perderá 650 pontos por não defender sua posição no torneio atual. Já Kerber, que caiu em sua estreia, logo na segunda fase na última edição, pode apenas melhorar ou manter sua pontuação. A diferença que separa as tenistas no ranking mundial é de 375 pontos apenas.

Aos 35 anos, Serena será substituída na chave pela número três do mundo, Karolina Pliskova, enquanto a vaga da tcheca será preenchida pela número cinco, a eslovaca Dominika Cibulkova.

Logo na primeira rodada, Pliskova enfrenta a vencedora entre Monica Puig, ouro nos Jogos Olímpicos do Rio, e Danielle Collins. Cibulkova, por sua vez, espera Jelena Ostapenko ou Danka Kovinic em sua estreia.

Do outro lado da chave, Angelique Kerber estreia contra Vania King ou Andrea Petkovic e tem próxima à sua posição a irmã de Serena, Venus Williams, finalista em Melbourne. Quem também aparece na parte de baixo do sorteio é a polonesa Agnieszka Radwanska, sexta da WTA.