Libertad vence na Bolívia, se classifica e elimina The Strongest

EFE

Bogotá, 3 mai (EFE).- Com dois gols do experiente atacante Óscar Cardozo, o Libertad superou os efeitos da altitude de La Paz e se classificou para as oitavas de final da Taça Libertadores de maneira antecipada ao vencer o The Strongest, agora eliminado, por 3 a 1.

Ídolo do Benfica e lembrado por ter perdido um pênalti pela seleção paraguaia nas quartas de final da Copa do Mundo de 2010, contra a Espanha, que viria a ser campeã, Cardozo abriu o placar no estádio Hernando Siles aos 21 minutos do primeiro tempo, após tentativa de Bareiro. A equipe anfitriã reclamou bastante com o árbitro Ricardo Marques Ribeiro de impedimento, mas o brasileiro validou o lance.

O Strongest empatou pouco depois do intervalo, aos dois minutos da segunda etapa, em chute de fora da área de Raúl Castro, e o empate persistiu até os 40, quando os visitantes puxaram contra-ataque e Bareiro marcou. Cinco minutos depois, Cardozo confirmou o triunfo convertendo cobrança de penalidade.

Faltando apenas uma partida para cada time no grupo 3, o Libertad é líder com 12 pontos, seis a mais que o terceiro colocado, o Peñarol. A segunda posição é do Atlético Tucumán, que ontem bateu os 'Carboneros' por 1 a 0 como mandante e foi a nove. o Strongest tem apenas três.

Na última rodada, no próximo dia 17, a equipe paraguaia jogará pelo empate com o Tucumán em casa para ser primeira da chave. O representante argentino precisará de uma igualdade para se classificar, mas se perder ainda passará de fase caso o Peñarol tropece nos bolivianos no Uruguai. EFE


Leia também