Senegal vence o Qatar, e anfitrião é eliminado da Copa

DOHA (CATAR), 25/11/2022 - COPA DO MUNDO / CATAR vs SENEGAL - Gol de Diedhiou (19) na Partida entre as seleções da Catar vs Senegal, pela primeira fase da Copa do Mundo Qatar / Fifa, realizada no Al Thumama Stadium, em Doha, nesta sexta-feira (25). Foto de Alexandre Brum / Ag. Enquadrar (Foto: Alexandre Brum/Agência Enquadrar/Folhapress)
DOHA (CATAR), 25/11/2022 - COPA DO MUNDO / CATAR vs SENEGAL - Gol de Diedhiou (19) na Partida entre as seleções da Catar vs Senegal, pela primeira fase da Copa do Mundo Qatar / Fifa, realizada no Al Thumama Stadium, em Doha, nesta sexta-feira (25). Foto de Alexandre Brum / Ag. Enquadrar (Foto: Alexandre Brum/Agência Enquadrar/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (UOL - FOLHAPRESS) - Primeiro país-sede a perder o jogo de abertura do Mundial, o Qatar também se tornou o único anfitrião a ser derrotado nas duas rodadas iniciais da fase de grupos da Copa do Mundo ao ser batido pelo Senegal por 3 a 1 nesta sexta-feira (25).

Com esse placar, o Senegal conquista os primeiros pontos no Mundial, enquanto o Qatar permanece zerado.

Ao apito final, o Qatar ainda tinha chances remotas de classificação, encerradas na sequência com o empate entre Holanda e Equador, que chegaram a quatro pontos cada um. Zerado, o time do país-sede só pode chegar a três.

Já o Senegal, com três, está vivo. Se vencer o Equador no próxima terça-feira (29), avançará.

No estádio Al Thumama, em Doha, o domínio foi completo do país africano, mais efetivo no ataque e seguro na defesa. De tanto insistir, Boulaye Dia abriu o placar aos 41 minutos do primeiro tempo, com um chute de dentro da área após o zagueiro Khoukhi falhar no corte de um cruzamento e a bola sobrar livre para Dia.

Famara Diédhiou ampliou logo aos dois minutos do segundo tempo, de cabeça, jogando uma ducha de água fria na torcida qatariana no estádio.

Após levar o segundo gol, o Qatar resolveu partir para cima e criou algumas boas oportunidades. Na melhor delas, Almoez Ali chutou rasteiro no cantinho, mas o goleiro senegalês Mendy desviou com as pontas dos dedos para escanteio.

O goleiro voltou a salvar Senegal aos 22 minutos, quando defendeu no reflexo uma finalização à queima-roupa de Mohammed da entrada da pequena área.

O esforço do time surtiu efeito com o gol de Mohammed Muntari, de cabeça, aos 32, dando esperança à torcida. No entanto, a alegria do time da casa não durou muito, uma vez que Bamba Dieng ampliou para o rival seis minutos depois.

Na última rodada, na terça-feira (29), com os dois jogos no mesmo horário (12h, de Brasília), o Qatar enfrenta a Holanda e Senegal encara o Equador para a definição das vagas.

*

QATAR

Barsham; Pedro Miguel (Mohammed Waad), Khoukhi, Ahmed (Salman) e Hassam; Boudiaf (Hatem), Madibo e Al Haydos (Muntari); Ismaeel Mohammed, Afif e Ali. Técnico: Félix Sánchez

SENEGAL

Édouard Mendy; Sabaly, Koulibaly, Diallo e Jakobs (Cissé); Nampalys Mendy (Pape Sarr), Gueye, Diatta (Ciss) e Sarr (Ndiaye); Diédhiou (Bamba Dieng) e Dia. Técnico: Aliou Cissé

Estádio: Al Thumama, em Doha (Qatar)

Quando: Às 10h (de Brasília) desta sexta-feira (25)

Árbitro: Antonio Mateu Lahoz (Espanha)

Assistentes: Pau Cebrián Devís (Espanha) e Roberto Díaz Pérez del Palomar (Espanha)

VAR: Drew Fischer (Canadá)

Cartões amarelos: Ismaeel Mohammed (QAT), Dia (SEN), Homam Ahmed (QAT), Jakobs (SEN), Ciss (SEN) e Madibo (QAT)

Gols: Boulaye Dia (40' 1ºT - SEN), Diédhiou (2' 2ºT - SEN), Muntari (35' 2ºT - QAT) e Bamba Dieng (38' 2ºT - SEN)