"Sempre achei Sánchez um homem triste no United", diz Mourinho

Goal.com
Treinador português, que está sem clube, foi quem demandou a contratação do atacante chileno aos Diabos Vermelhos
Treinador português, que está sem clube, foi quem demandou a contratação do atacante chileno aos Diabos Vermelhos

A passagem de Alexis Sánchez não foi boa. O atacante chileno trocou o Arsenal pelo Manchester United em janeiro de 2018, a pedido de José Mourinho. O jogador não conseguiu provar a confiança dada a ele e agora foi emprestado à Inter de Milão para tentar recuperar seu futebol e vai atuar ao lado de Lukaku. Mourinho falou que sempre sentiu que Sánchez era uma pessoa triste durante seu tempo no Old Trafford.

"Como treinador, às vezes você tem a capacidade de tirar o melhor dos seus jogadores e outras vezes você não tem sucesso nessa abordagem. Mas o que eu sempre senti é Sánchez como um homem triste. Então provavelmente na Itália ele vai recuperar disso. Eu espero que ele consga. Eu sempre desejo o melhor para cada jogador", disse Mourinho.

O treinador continuou e explicou sobre a importância de se sentir bem em qualquer trabalho que você esteja para poder entregar melhores resultados e performances e admitiu que pode ter culpa no 'fracasso' de Sánchez nos Red Devils.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"Eu acho que em qualquer trabalho quando você não está feliz é difícil atuar no nível mais alto. Talvez eu esteja errado. Talvez seja eu que não tenha tido capacidade de chegar nele e tirar o melhor dele", explicou o treinador que está sem trabalhar em nenhuma equipe.

Mourinho recebeu uma proposta da China para dirigir o Guangzhou Evergrande. A proposta financeiramente era muito boa, mas o trabalho não o empolgou.

"Seria, de longe, o salário recorde da história dos treinadores de futebol. Mas o trabalho não era para mim", falou o português.

 

Leia também