Semana decisiva para Eduardo Baptista no Palmeiras

Eduardo Baptista perdeu o seu primeiro grande desafio à frente do Palmeiras no derby contra o Corinthians, mas terá a chance de se redimir nos próximos dias. O treinador terá uma semana decisiva pela frente, com a estreia do time na Libertadores e ainda o clássico contra o São Paulo pelo Campeonato Paulista.

A maratona de jogos do Verdão será iniciada nesta sexta-feira (3), com a partida contra o RB Brasil no Moisés Lucarelli, às 21h05 (horário de Brasília), pela sétima rodada do estadual. Em seguida, a delegação do Palmeiras fará uma viagem para San Miguel de Tucumán, cidade localizada a pouco mais de 1000 km de Buenos Aires, capital argentina, para enfrentar o time local na sua estreia na Libertadores na quarta-feira (8), às 21h45.

Borja e Dudu - Palmeiras x Ferroviária - 26/02/2017

 Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

Pouco depois de voltar a viagem e sem tempo para folga, o Verdão irá receber o São Paulo no Allianz Parque no sábado (11), às 16h, pela oitava rodada do Paulistão. Ciente da maratona de jogos e da distância entre uma partida e outra, Eduardo Baptista já cogita usar um time misto no clássico.

"Devido à viagem a Tucumán ter sido confirmada muito próxima da data, tivemos uma dificuldade grande na logística. Vamos acabar o jogo e passar a madrugada toda viajando da Argentina. Esse pessoal que jogar quarta vai ter dificuldade de jogar no sábado", explicou Eduardo Baptista. "Muitos que não jogarem contra o Tucumán vão estar em campo contra o São Paulo. Aí você dá oportunidade a todos, quem for bem pode ter oportunidade de jogar a Libertadores".

No entanto, a ideia de 'poupar' alguns jogadores e dar espaços a outros, pode não agradar a torcida palmeirense, que após perder para o Corinthians, não vai ficar muito feliz se sair derrotada de outro clássico paulista, ainda mais em casa. Por outro lado, se vencer mesmo com um time misto, o treinador do Verdão vai ganhar alguns pontos com os torcedores.