Sem vencer há cinco jogos no Brasileirão, Palmeiras empata com Bahia e cai para 4º lugar

·4 minuto de leitura


Em partida válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro 2021, Bahia e Palmeiras empataram por 0 a 0 na Arena Fonte Nova. A equipe da casa criou as melhores chances, mas parou em atuação inspirada de Jailson. Wesley foi expulso na segunda etapa.

Como seriam os escudos dos clubes nas cores dos rivais?

Mesmo com o ponto conquistado, o Verdão perdeu o 3º lugar para o Red Bull Bragantino, que abriu um ponto de vantagem após a vitória desta terça sobre o Atlético-GO. Já o Tricolor de Aço chega aos 27 pontos, mas permanece na zona de rebaixamento, um ponto atrás do Santos.

No sábado (16), às 21h, a equipe de Guto Ferreira vai até o Independência, enfrentar o América-MG. No dia seguinte, às 16h, os comandados de Abel Ferreira recebem o Internacional no Allianz Parque.

VEJA TABELA E SIMULE AS PARTIDAS DO BRASILEIRÃO

COMEÇO ELÉTRICO

A primeira boa chance no jogo veio cedo, aos 3 minutos. Gilberto recebeu lançamento rasteiro no canto direito da área. Ele conseguiu tirar de Jaílson, mas Luan afastou para escanteio.

O Palmeiras respondeu três minutos depois. Patrick de Paula descolou ótimo lançamento para Dudu. O camisa 43 invadiu a área e tocou por cima de Danilo Fernandes. Nino Paraíba apareceu quase em cima da linha para tirar, mas o bandeira já havia flagrado impedimento.

VERDÃO CRESCE NO JOGO

O Tricolor de Aço ensaiava momentos de pressão e conseguia encontrar espaços na defesa do Verdão, que retomou o controle da posse de bola, mas não conseguia acionar seus jogadores mais agudos.

Após a metade do primeiro tempo, os visitantes melhoraram na partida e Luiz Adriano quase abriu o placar. O atacante aproveitou seu próprio rebote, ganhou no corpo da zaga e chutou forte de fora da área. Danilo Fernandes se esticou e fez boa defesa.

Raphael Veiga teve outra oportunidade de marcar em contra-ataque, aos 43. O atleta conduziu pelo meio e decidiu bater, e o chute passou longe do gol.

JAILSON SEGURA BLITZ DO BAHIA

Na volta do intervalo, Abel Ferreira tirou Kuscevic (amarelado) e colocou o garoto Renan na partida. Logo aos 2 minutos, o Bahia reclamou de um pênalti de Luan em Gilberto, mas o árbitro e o VAR não entenderam como lance para penalidade.

A equipe da casa voltou mais ligada e flertou com o primeiro gol aos 15 minutos. Gabriel Menino perdeu a bola no ataque e deu contra-ataque ao Bahia. Lucas Mugni rolou para a entrada da área e Gilberto acertou um lindo chute. Jailson mostrou excelente reflexo e fez ótima intervenção.

A blitz do Tricolor de Aço quase deu certo. Daniel testou o goleiro do Verdão em chute de fora da área, e Jailson fez outra importante defesa.

MAIS UM MILAGRE DE JAILSON

No lance de Gilberto, Gabriel Menino torceu o tornozelo e foi substituído por Wesley. Guto Ferreira colocou Rodallega e Ronaldo César, que ocupou a vaga de Gilberto, lesionado.

Com as alterações, o Tricolor de Aço aumentou a pressão e parou novamente em Jailson, Aos 26, Lucas Mugni aproveitou espaço e mandou um balaço de fora da área. A bola desviou e mesmo assim, o goleiro do Palmeiras se esticou e fez outro milagre na partida.

WESLEY EXPULSO

Aos 37 minutos, o Verdão se complicou ainda mais na partida. Wesley foi disputar a bola com Guedes, levantou muito o pé e acertou o rosto do rival.

Nos 10 minutos finais de jogo, a equipe da casa colocou mais jogadores ofensivos em busca dos três pontos, enquanto os visitantes não conseguiam organizar um ataque que incomodasse o Tricolor de Aço. Mesmo com a vantagem numérica, o Bahia não encontrou o gol da vitória e a partida terminou empatada.

FICHA TÉCNICA
BAHIA 0 X 0 PALMEIRAS

Data: 12 de Outubro de 2021, terça-feira;
Horário: 21h30 (horário de Brasília);
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador-BA
Árbitro: Ramon Abatti Abel - SC
Assistentes: Henrique Neu Ribeiro - SC e Éder Alexandre - SC
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima - RS, Lucio Beiersdorf Flor - RS e Sergio Cristiano Nascimento - RJ
Público/renda: Não divulgado
Cartões amarelos: Juan Ramirez, Daniel, Ronaldo César e Lucas Mugni (BAH); Kuscevic e Rony (PAL)
Cartões vermelhos: Wesley (PAL)
Gols: -

BAHIA: Danilo Fernandes; Nino Paraíba (Renan Guedes, 34/2ºT), Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca, Daniel (Rodruginho, 34/2ºT), Juninho Capixaba, Lucas Mugni e Raí Nascimento (Rodallega, 22/2ºT); Gilberto (Ronaldo César, 24/2ºT). Técnico: Guto Ferreira

PALMEIRAS: Jailson; Gabriel Menino (Wesley, 16/2ºT), Luan, Kuscevic (Renan, 1/2ºT) e Jorge; Felipe Melo, Patrick de Paula (Danilo Barbosa, 24/2ºT) e Raphael Veiga; Dudu (Matheus Fernandes, 33/2ºT), Rony e Luiz Adriano (Deyverson, 24/2ºT). Técnico: Abel Ferreira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos