Sem poder atuar pelo Santos, Hernández ganha apoio de Copete

Gabriela Brino e Russel Dias

Depois da ajuda de Copete para Vladimir Hernández se adaptar ao Santos, ao idioma e ao Brasil, a parceria segue fora de campo. Diante da situação do camisa 16, que ainda não pôde atuar pelo Peixe, já que não foi inscrito no BID por conta de um desentendimento entre Junior Barranquilla e Peixe, o atacante titular não mede esforços para tentar manter o conterrâneo junto do grupo.

- Ele é um grande jogador, sabe que essas coisas podem acontecer (problemas para ser inscrito no Campeonato Paulista). Eu falo para ele não deixar de ficar alegre. Esse é um grupo muito alegre e apesar de ainda não ter jogado conosco, ele faz parte do time. A alegria dele é a nossa. - explica o atacante

Quando o Pequeno Gigante chegou ao Peixe, pediu dupla com o Copete e hoje os colombianos asseguraram uma amizade forte. Copete aposta que, ao entrar em campo, Hernández não se sentirá deslocado e fará boas atuações.

- Estamos sempre junto com ele e falando coisas boas para que ele se sinta muito bem. Seguramente, quando ela entrar em campo, fará o melhor, pois ficará alegre, com o grupo, comprometido, querendo fazer as coisas muito bem - concluiu

O Alvinegro pagou R$ 3,2 milhões pela contratação de Vladimir Hernández, que assinou contrato de cinco anos. O prazo para o atleta ser inscrito na primeira fase do Paulistão é nesta sexta-feira. Desta forma, Vladimir Hernández deve jogar apenas a segunda fase do Estadual e a Libertadores.







E MAIS: