Sem Patrick e Ferraresi, São Paulo encerra temporada no Brasileirão com longa lista de desfalques

Patrick levou seu terceiro amarelo na terça-feira (8) (Foto: Kely Pereira / AFP)


O São Paulo encerra sua temporada no próximo domingo (13), contra o Goiás, mas com uma longa lista de desfalques, entre eles, Patrick e André Anderson, que estarão cumprindo suspensão.

ATUAÇÕES: Nestor tira chance de “redenção” de Igor Gomes em noite ruim do São Paulo

Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

Na derrota contra o Internacional, na última terça-feira (8), André Anderson entrou em campo no segundo tempo e, em segundos, levou um cartão amarelo. Como estava pendurado, não enfrentará o Goiás. O mesmo acontece com Patrick, que segue rodeado de polêmicas nos últimos tempos por conta de desavenças com o treinador Rogério Ceni.

Já Ferraresi, foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da sua expulsão no clássico do Tricolor contra o Palmeiras, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, Ferraresi atingiu o rosto de Danilo e foi expulso pelo árbitro nos minutos finais do primeiro tempo.

Denunciado pelo artigo 254-A, inciso I do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que prevê a punição por agressão física de forma dolosa, assumindo o risco de dano e lesão, o defensor terá que cumprir um jogo de suspensão. Assim, não poderá estar em campo contra o Goiás, e consequentemente, não jogará mais neste ano.

Além destes, o São Paulo enfrenta um sério problema que acompanhou a equipe por quase toda temporada, relacionado ao departamento médico, que em pouquíssimas vezes este ano se esvaziou.

Atualmente, são dez lesionados e um convocado. Arboleda, que não atua desde junho por conta de uma fratura e uma ruptura de ligamentos no tornozelo, viajou na última semana para o Equador, com a expectativa de defender a seleção na Copa do Mundo.

As crias de Cotia Caio e Moreira seguem em recuperação das suas respectivas cirurgias. Andrés Colorado, Alisson, Diego Costa, Nikão, Eder, Rodriguinho e Igor Vinícius também estão em tratamento. O veterano Miranda cuida de uma lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, mas seu futuro na próxima temporada é um dos mais incertos.

Miranda se lesionou em outubro, após deixar o último clássico contra o Palmeiras com dores. Desde os primeiros diagnósticos, já era certo que não voltaria mais a atuar neste ano. Falas recentes de Rogério Ceni e situações relacionadas a contrato deram a entender que o zagueiro não fique no São Paulo para a próxima temporada.

O contrato do defensor se encerra no final deste ano. Na última coletiva de imprensa de Ceni, portanto, o treinador falou de Miranda já com um tom de despedida.

- Miranda é uma situação atípica. É um vencedor, ganhou muito pelo clube, sofreu uma lesão no final desta temporada, está se recuperando... Merecidamente tem um salário mais alto. Mas eu acho que a situação dele é difícil de continuar, mesmo com toda amizade, eu acho que dentro dessa situação de remodelação financeira do clube foge um pouco do que se pretende. É um posicionamento que a gente tem que tomar - disse.

Se não houver nenhum retorno até domingo (13), São Paulo encerrará a temporada com 14 desfalques.