Sem muito trabalho no Mineirão, Fábio avalia retorno aos gramados

Goleiro aprovou atuação e reencontro com a torcida nesta manhã de domingo

Mais tranquila, impossível. O retorno de Fábio após quase oito meses em recuperação foi positivo para o camisa 1 do Cruzeiro. Nesta manhã de domingo, o goleiro foi titular diante do Democrata, usou a faixa de capitão e saiu de campo sem levar gols. Apesar dos mais de 700 jogos prestados ao clube mineiro, o reencontro com a torcida reviveu a sensação de um estreia.

- É como se fosse a primeira vez, em 2000, quando estreei em um amistoso. Recebi o carinho do torcedor, estava bem preparado, treinei forte nos sete meses, fazendo tudo o que foi necessário. Isso foi fundamental para voltar com confiança e me sair bem – comentou.

Durante toda a partida, Fábio atuou praticamente como expectador. Sem conseguir criar chances com frequência, o Democrata mal deu trabalho ao goleiro. Mas quando foi exigido, Fábio fez boas intervenções e ganhou os aplausos da torcida.

- Agora espero ter sequência para mostrar novamente meu potencial. Para mim estava valendo tudo, tudo foi muito importante. Fico muito feliz pela volta – definiu.






E MAIS: