Sem marcar há cem dias, Luiz Adriano pode reencontrar última vítima pelo Palmeiras

·1 minuto de leitura


O Palmeiras vem sofrendo com o desempenho de seus centroavantes na temporada. Luiz Adriano, artilheiro do time no último ano, não conseguiu manter o nível e vive seu pior momento com a camisa alviverde, somando três gols em 23 jogos. Em jejum desde o dia 6 de junho, o atacante completou cem dias sem balançar as redes.

Na última vez que marcou, o Verdão venceu a Chapecoense por 3 a 1 no Allianz Parque pela segunda rodada do Brasileirão. Depois do duelo, o camisa 10 foi a campo em oito oportunidades e participou apenas de um gol, ao dar assistência para o tento de Willian contra o América-MG.

Além de problemas físicos e extracampo, o atacante passou a disputar a posição com Deyverson, que retornou ao clube após empréstimo. Durante o período, só foi titular duas vezes e passou a ser a última opção do setor ofensivo em diversos jogos.

O camisa 10 entrou no segundo tempo da partida contra o Flamengo, no último fim de semana, mas pouco conseguiu produzir. Na ocasião, tocou na bola somente seis vezes e teve três perdas de posse em trinta minutos, segundo dados do SofaScore.

Agora pelo segundo turno, o Palmeiras tem pela frente a Chapecoense novamente. Sem ter decidido um centroavante titular, Abel Ferreira pode testar Luiz Adriano no comando do ataque. O atacante, por sua vez, deve ter a chance de reencontrar sua última vítima para tentar quebrar a sequência negativa.

O jogo válido pela vigésima primeira rodada do Brasileirão está marcado para as 17h (de Brasília) deste sábado (18) na Arena do Condá, em Chapecó.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos