Sem jogar há quatro meses, Eder fala sobre sua forma física aos 34 anos

LANCE!
·2 minuto de leitura


O novo reforço do São Paulo, Eder, foi apresentado pelo clube nesta quarta-feira (31). Muito questionado sobre sua forma física e sua idade, o atacante de 34 anos respondeu, durante entrevista coletiva, que está em boa forma e que sua idade não será problema nenhum para seu rendimento.


CONFIRA A TABELA ATUALIZADA DO CAMPEONATO PAULISTA DE 2021!

A maior preocupação quanto ao rendimento físico do ítalo-brasileiro é o tempo parado, sem jogar partidas oficiais. A última vez que Eder esteve em campo foi em novembro, quando defendeu o Jiangsu Suning, da China no último jogo do campeonato nacional.

Eder admite que é necessário retomar o ritmo, mas não vê problema no tempo longe dos gramados, afirmando que os treinos devem compensar.

- Essa parte, o campeonato chinês acabou em novembro, mas depois de uns 20 dias, em dezembro, comecei os treinamentos. Mas penso que cheguei em boas condições. Estou treinando desde o primeiro dia, consigo terminar todas as atividades. Normal, só assim para ir pegando o ritmo. Estou em boas condições - afirmou o atacante.

Com 34 anos, o atacante foi questionado a respeito da manutenção da boa forma, uma vez que é mais difícil manter o mesmo rendimento físico conforme os anos vão passando. Eder, por sua vez, afastou essa ideia, citando até mesmo o veterano zagueiro do Real Madrid, Sergio Ramos, como um exemplo.

- Estou me sentindo muito bem. A questão da idade é só um número. Tudo vem da cabeça. Acho que há alguns dias vi entrevista do Sergio Ramos sobre jogar até os 40 anos. Jogador ainda tem vontade de treinar, de se cuidar, idade é só número. Você fazendo tudo isso, se cuidando e treinando bem, tem todas as condições de dar sempre o melhor em campo - comentou.


Com o Campeonato Paulista paralisado, ainda é difícil imaginar quando será a estreia de Eder pelo São Paulo. A Libertadores, porém, não foi interrompida e a fase de grupos deve começar no dia 20 de abril, de acordo com o planejado pela Conmebol.

Contratado para elevar o patamar do ataque do Tricolor, o atacante ex-Inter de Milão teve rendimento de destaque na Itália, sendo convidado pela seleção italiana para se naturalizar e, assim, defender a Azzurra.

Pela Itália, Eder chegou a disputar a Euro Copa de 2016, onde, sob o comando de Antonio Conte, a seleção italiana chegou até as quartas de final, quando foi eliminada pela Alemanha. Eder fez um gol no torneio.

O último clube pelo qual o novo reforço do São Paulo atuou foi o Jiangsu Suning, da China. Por lá, foi campeão chinês ao lado de Miranda, com quem dividirá vestiário pela terceira vez consecutiva (Internazionale de Milão, Jiangsu Suning e São Paulo).