Sem gols, Red Bull Bragantino aposta no perfil ofensivo do novo técnico

Goal.com
Felipe Conceição vem de grande trabalho feito pelo América-MG, time que recuperou em 2019 com uma cartilha de jogo ofensivo
Felipe Conceição vem de grande trabalho feito pelo América-MG, time que recuperou em 2019 com uma cartilha de jogo ofensivo

O Red Bull Bragantino ainda não engrenou no Campeonato Paulista, mas conta com a filosofia de trabalho de Felipe Conceição, seu novo treinador, para mostrar algo próximo da expectativa criada na pré-temporada. Zerado em gols no Estadual, o time tem no comandante um trunfo de ofensividade e equilíbrio para 2020.

Ainda que não tenha conseguido levar o Coelho ao acesso na segunda divisão, perdendo o jogo decisivo para o já rebaixado São Bento, em casa, Tigrão, como é conhecido. Revolucionou a maneira de atuar dos mineiros. Para se ter uma ideia, quando ele assumiu o comando, na décima rodada da Série B, a equipe ocupava a 19ª colocação, com apenas cinco pontos conquistados.

Depois disso, conseguiu 56 pontos nos 29 jogos seguintes, aproveitamento que o deixaria próximo dos 75 pontos do campeão, justamente o Bragantino. A produção ofensiva, que estava na casa dos 0,66 gol por jogo nas rodadas iniciais, sob o comando de Maurício Barbieri, saltou para quase o dobro. Foram 36 gols no período, um total de 1,24 gol por jogo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Foi essa a média, por exemplo, do Sport, que terminou na segunda colocação da Série B. O comandante, que viu o centroavante Júnior Viçosa fechar o torneio como artilheiro da equipe, dono de sete gols, acredita que essa forma mais ofensiva de jogar foi determinante para o acerto com o Braga, principalmente no trato com a garotada.

"Construí isso no America-MG. Nós fizemos um processo usando muitos jovens. Gosto de trabalhar com jovens, traz intensidade ao jogo", comentou Conceição, que terá na nova equipe vários garotos contratados na janela de dezembro/janeiro, como o zagueiro Realpe, o meia Thonny Anderson e os atacantes Alerrandro e Artur.

Tempo para trabalhar também não deve ser problema. Depois dos próximos dois jogos, o Braga passa a entrar em campo apenas nos finais de semana até o final da primeira fase do Paulista. Já assegurado nas oitavas de final da Copa do Brasil, a equipe disputará também o Brasileirão Série A nesta temporada.

Leia também