Sem Felipe Melo e principais líderes do elenco, Palmeiras vê posto de capitão ficar vago contra o Ceará

LANCE!/NOSSO PALESTRA
·1 minuto de leitura


O técnico Abel Ferreira terá sete desfalques para a partida contra o Ceará, nesta quarta-feira (11) pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, no Allianz Parque.

Weverton, Gabriel Menino, Gustavo Gómez e Matías Viña estão com as seleções do Brasil, Paraguai e Uruguai, respectivamente, Felipe Melo e Wesley fora por lesão, além de Luiz Adriano, com sobrecarga na coxa.

Muitos dos atletas ausentes são líderes do elenco e responsáveis por usar a braçadeira de capitão. Felipe Melo assumiu o posto com a chegada de Vanderlei Luxemburgo e esteve com a faixa em 29 das 45 partidas no ano e levantou o troféu de campeão paulista contra o maior rival.

Na sequência, Weverton foi o escolhido em seis oportunidades, seguido por Gustavo Gómez, com quatro. A dupla da defesa também está fora contra o Ceará e só retorna contra o Goiás, dia 21 de novembro, pelo Brasileiro.

Bruno Henrique, Luiz Adriano e Willian, com dois jogos cada, foram os outros capitães em 2020, porém o volante acabou negociado com o Al-Ittihad no mês passado, enquanto o camisa 10 tem poucas chances de estar em campo em razão de um problema na coxa.

Assim, Abel Ferreira tem só Willian disponível para usar a braçadeira dentre os seis atletas que já vestiram o adereço no ano. Mais do que desfalques, o Verdão não terá em campo os líderes para o duelo decisivo desta quarta-feira (11), pela Copa do Brasil.