Sem Cazares, Mancini busca alternativas e muda ataque do Corinthians para pegar o Ceará

Alexandre Guariglia
·3 minuto de leitura


O Corinthians encara uma decisão nesta quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, diante do Ceará, com ambos os clubes em busca de uma vaga na Copa Libertadores. Mas para superar o adversário, o Timão vai precisar digerir as duas derrotas seguidas e arranjar algum modo de voltar ao caminho dos triunfos. Nesse sentido, Vagner Mancini resolveu mexer no ataque.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

GALERIA
> Relembre quantos jogadores da base o Corinthians utilizou nesta temporada

Sem Cazares, que se recupera de um estiramento na coxa direita, o técnico não terá, pelo segundo jogo consecutivo, o responsável direto por sete dos 23 gols do Timão desde a sua chegada para comandar a equipe. Para essa posição na armação, mesmo com Luan novamente à disposição, a opção foi por manter Araos, uma surpresa na escalação contra o Bahia e que agradou os colegas.

- Os desfalques são importantes, o grupo todo sente falta, mas a gente tem grandes jogadores para corresponder também, o Araos fez um bom jogo contra o Bahia, apesar da derrota, e acho que quem tiver oportunidade vai corresponder, mas claro, Cazares faz muita falta, Ramiro também, que não pôde jogar por causa desse surto que deu errado - declarou Gustavo Mosquito.

O equatoriano, com essa importância no ataque corintiano, evidentemente é um dos desfalques mais sentidos e se diante do Tricolor baiano as coisas não funcionaram, foi preciso pensar em novas alternativas, tanto para compensar ausência do meia, quanto para criar novas variações de jogadas, já que na Fonte Nova foram mais de 40 cruzamentos arriscados para a área.

A solução encontrada por Mancini foi recuperar um esquema que deu certo na vitória por 1 a 0 sobre o São Paulo, na Neo Química Arena, em 12 de dezembro, quando Léo Natel atuou como um "falso 9" fazendo as vezes de centroavante, o que provoca a ida de Jô, que tem sido contestado por parte da torcida, para o banco de reservas e a efetivação de Natel como titular contra o Ceará.

Artilheiro do elenco na temporada com oito gols, Jô não tem conseguido manter um nível de atuação para dar efetividade ao ataque. Aliando isso à ausência de Cazares, as mexidas acabaram sendo necessárias. Mas não pararam por aí. Após se recuperar da Covid-19, voltar no banco e tomar o terceiro amarelo, Otero retorna ao time titular no lugar de Mateus Vital, que vinha fazendo boas partidas, porém será preterido contra o Vozão.

- Acho que todos os jogadores são importantes, mas agora é pensar no Ceará, a gente tem um grupo qualificado, todos os jogadores que tiverem oportunidade, tenho certeza que vão corresponder e vão aproveitar - comentou Gustavo Mosquito, que permanece com a titularidade no ataque do Timão.

A provável equipe que vai a campo é: Cássio; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Fábio Santos; Gabriel e Cantillo; Gustavo Silva, Araos e Otero; Léo Natel.

Com a esperança de conseguir vencer o confronto direto diante de um adversário que também está na briga pela Libertadores, o Corinthians recebe o Ceará, nesta quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, pela 34ª rodada do Brasileirão-2020. Atualmente, o Alvinegro paulista ocupa a 10ª posição na tabela, com 45 pontos, sete a menos do que o primeiro no G6.